Avaliação da Dell em proposta de compra é um erro--acionista

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A Southeastern Asset Management, investidor que possui 8,4 por cento da Dell, disse nesta terça-feira que a avaliação para a compra da fabricante de computadores em 24,4 bilhões de dólares por seu fundador e a empresa de private equity Silver Lake é um erro. A Southeastern publicou uma carta que enviou para o Conselho de Administração da Dell afirmando que o comunicado da empresa publicado em 29 de março não dava argumentos favoráveis aos acionistas para aceitarem a oferta de Michael Dell e da Silver Lake de 13,65 dólar por ação. A carta diz que o comitê especial da Dell não explora todas as condições adequadamente. Citando trechos do comunicado da Dell, a Southeastern disse que a companhia não explicava adequadamente porque não considerou uma oferta de compra que permitisse aos acionistas escolherem ser pagos em dinheiro ou em ações. A empresa fez um apelo para que o comitê da Dell negociasse "de boa fé". A Dell recebeu duas propostas alternativas de compra da Blackstone e do investidor bilionário Carl Icahn, que a Dell tem dito empresa poderiam ser ofertas superiores. No entanto, a fabricante de computadores recomendou aceitar a oferta de Michael Dell e da Silver Lake. A Southeastern Asset Management, maior acionista da Dell depois de Michael Dell, tem sido uma ferrenha opositora da oferta de compra do fundador. (Por Greg Roumeliotis e Nicola Leske em Nova York)

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.