PUBLICIDADE

Avião da Igreja Quadrangular é flagrado com 290 quilos de maconha; Polícia Federal investiga

Homem foi detido enquanto tentava fugir; Entidade religiosa disse que recebeu com surpresa a notícia do envolvimento do monomotor Bonanza, de sua propriedade, com carga não autorizada

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura
Atualização:

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã de sábado, 27, uma pessoa que estava prestes a transportar 290 quilos de skunk, um tipo de maconha concentrada, em um avião monomotor pertencente à Igreja do Evangelho Quadrangular. Pouco antes da decolagem, agentes realizaram a abordagem em um hangar de voos particulares do aeroporto internacional de Belém, no Pará.

O homem foi autuado em flagrante por tráfico interestadual de drogas. Já o piloto não foi preso, pois não foi verificada participação dele no crime, de acordo com a PF. A aeronave foi apreendida, assim como o celular do indivíduo preso.

A Polícia Federal prendeu uma pessoa que estava prestes a transportar 290 quilos de skunk, um tipo de maconha concentrada, em um avião monomotor pertencente à Igreja Quadrangular do Pará. Foto: Divulgação/Polícia Federal

PUBLICIDADE

Por meio de um comunicado oficial enviado nesta segunda-feira, 29, a Igreja do Evangelho Quadrangular veio a público assumir a propriedade do avião apreendido. “A Igreja do Evangelho Quadrangular recebeu com surpresa a notícia do envolvimento do monomotor Bonanza, de sua propriedade, com carga não autorizada. Ao tomar conhecimento, imediatamente, a Igreja do Evangelho Quadrangular do Estado do Pará acionou a Polícia Federal”, disse em nota. Veja abaixo o posicionamento na íntegra.

Segundo a PF, a partir de informações de inteligência, o órgão soube que havia um carregamento de entorpecente com plano de voo para Petrolina, em Pernambuco. “Minutos antes da decolagem, prevista para 7h30, o responsável pela droga foi abordado, enquanto caminhava do pátio à aeronave. Ao ver a polícia, correu para fora do aeroporto, mas foi alcançado”, disse a polícia.

Com relação ao indivíduo que foi preso, a igreja informa que trata-se de um funcionário que sempre prestou serviço dentro do aeroporto. Ainda está sendo investigado pela PF como ele teve acesso ao avião da igreja. A identidade dele não foi divulgada.

Igreja do Evangelho Quadrangular

Fundada em 1951 no Brasil, a igreja está presente em todos os Estados brasileiros, onde possui pouco mais de 1,8 milhão de membros, conforme a última informação do Censo de 2010. “Nossa perspectiva em 2023 é de reunir aproximadamente três milhões de membros pelo Brasil”, acrescentou a Igreja do Evangelho Quadrangular.

A sede mundial da igreja, inaugurada em 1923, está localizada em Los Angeles, na Califórnia, nos Estados Unidos, onde está ocorrendo nesta segunda-feira, a comemoração de seu centenário.

Publicidade

A droga, colocada em caixas de papelão, ocupava todo o espaço que sobrava na aeronave, além dos assentos para um passageiro e o piloto. “Detalhes da circunstância do crime serão investigados a partir de inquérito aberto”, acrescentou a PF.

Veja o posicionamento na íntegra:

A Igreja do Evangelho Quadrangular recebeu com surpresa a notícia do envolvimento do monomotor Bonanza, de sua propriedade, com carga não autorizada.

Ao tomar conhecimento, imediatamente, a Igreja do Evangelho Quadrangular do Estado do Pará acionou a Polícia Federal, que efetuou a prisão de uma pessoa e apreendeu a carga.

É interesse da Igreja que tudo seja esclarecido e, portanto, reafirma o seu compromisso de colaborar com as investigações.

PUBLICIDADE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.