PUBLICIDADE

Avião da PF cai no aeroporto da Pampulha, em BH, e deixa 2 policiais mortos; veja vídeo

Segundo o Corpo de bombeiros de Minas Gerais, aeronave transportava três pessoas; uma foi resgatada

Foto do author Rariane Costa
Por Rariane Costa
Atualização:

Um avião monomotor registrado junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) como pertencente à Polícia Federal, caiu na manhã desta quarta-feira, 6, no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, que atendeu a ocorrência, três pessoas estavam a bordo da aeronave; duas morreram com a queda.

PUBLICIDADE

A Polícia Federal confirmou que os dois tripulantes que faleceram no local, são os policiais federais Guilherme de Almeida Irber e José Moraes Neto. Segundo a instituição, os agentes operavam como comandantes da aeronave.

O terceiro tripulante, um mecânico terceirizado, é Walter Luís Martins que foi socorrido e encaminhado ao hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Segundo a PF ele se encontra em atendimento, lúcido e orientado.

Avião caiu momentos depois de decolar em BH Foto: Divulgação/CBMMG

O incêndio iniciado com o acidente foi controlado e o avião retirado da pista. O Corpo de Bombeiros informou que o avião caiu momentos após levantar vôo no aeroporto em uma área não ocupada, não afetando as pistas de pouso e decolagem.

Investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) já foram acionados para realizar a Ação Inicial da ocorrência envolvendo a aeronave.

Neste procedimento são utilizadas técnicas específicas para coleta e a confirmação de dados, preservação dos elementos da investigação, verificação inicial de danos causados à aeronave, ou pela aeronave, e o levantamento de outras informações necessárias à investigação.

O avião envolvido no acidente era de modelo Cessna Caravan 206B, os registros junto à matrícula PR-AAB na ANAC apontam que o avião tinha capacidade para nove passageiros. Veja o momento da queda abaixo.

Publicidade

Em nota, a CCR aeroportos, empresa que administra o Aeroporto da Pampulha, informou que as operações seguem normalmente. “Os bombeiros do aeroporto estão empenhados no cumprimento dos protocolos de segurança e atendimento após ocorrência”, diz o comunicado.

A Polícia Federal decretou luto oficial de três dias e o Diretor-Geral da instituição, Andrei Rodrigues, irá para Minas Gerais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.