PUBLICIDADE

Carnaval 2012: X-9 Paulistana desbrava o sertão do País

Por GUSTAVO URIBE E DAIENE CARDOSO
Atualização:

No ano em que a Semana de Arte Moderna de São Paulo completa 90 anos, a X-9 Paulistana celebra no Sambódromo do Anhembi as influências do movimento antropofágico na cultura brasileira e, em compasso de samba, promete desbravar os sertões do Brasil. A agremiação, que tem como berço o bairro da Parada Inglesa, na zona norte da capital paulista, e que amargou a 10ª posição no carnaval de 2011, espera conquistar melhor colocação neste ano com uma homenagem ao Rally dos Sertões, competição que completa 20 anos de história. Com o enredo "Trazendo para os braços do povo o coração do Brasil", a X-9 Paulistana desbrava ''Os Sertões'' dessa gente varonil", a agremiação irá reconstituir na passarela do samba as paisagens e costumes das regiões por onde atravessaram os competidores da prova automobilística e, em alegorias e fantasias com toques regionais, desvendar os rincões do País. Uma das alegorias, por exemplo, levará a representação de um boi, de cerca de 11 metros de altura, para a passarela do samba, uma referência às festas típicas das regiões Norte e Nordeste. O desfile da escola fará referências do começo ao fim aos competidores do Rally dos Sertões. A comissão da frente, na pele de guerreiros de aço, abrirá a passagem da X-9 Paulistana no Sambódromo do Anhembi, em uma representação dos pilotos que, sobre caminhos tortuosos, devem provar que têm nervos de aço. A última alegoria trará competidores que participaram das últimas edições da competição automobilística. Um dos destaques da escola de samba será Helena Regina Soares, pilota de rally cross country e eleita musa do Rally dos Sertões.DestaquesEntre os destaques da escola está a veterana Rita Cadillac, 57 anos. Ela desfila há quatro anos na X-9 Paulistana mas, pela primeira vez, sairá no chão, já que recebeu o título de "eterna amiga da escola". "Este ano é mais responsabilidade porque estou indo no chão", disse Rita. Ela contou que não fez nenhuma preparação física para encarar a avenida. "Minha preparação é na cabeça", afirmou. Além de Rita Cadillac, desfila como "eterno amigo da escola" o cantor português Roberto Leal. HomenagemPouco antes do início do desfile, a X-9 fez uma homenagem à uma integrante da ala das baianas, que há 20 dias morreu atropelada em frente à quadra da escola. O sambista Marquinho, da Tom Maior, também foi homenageado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.