PUBLICIDADE

Commonwealth enviará equipe para investigar crise nas Maldivas

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O Commonwealth, bloco de defesa da democracia e desenvolvimento composto por 54 países, disse neste domingo que enviará uma missão ministerial para as Maldivas para investigar os fatos que cercam a renúncia do ex-presidente Mohamed Nasheed. Após a realização de conversas urgentes de ministros, por telefone, para discutir a crise no arquipélago das Maldivas, no oceano Índico, o Commonwealth disse que o caminho deve "ser determinado pelos cidadãos do país, através de diálogo político na atmosfera da não-violência e estabilidade". O grupo ministerial do bloco disse em um comunicado ter concordado em estabelecer "uma missão sob a qual haverá uma visita urgente às Maldivas para esclarecer os fatos sobre a transferência pode poder no país, e para promover a adesão aos valores e princípios do Commonwealth". (Por Adrian Croft)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.