PUBLICIDADE

Criança morre em atropelamento em São Paulo

Por Ricardo Valota
Atualização:

Duas crianças foram atropeladas e uma delas morreu ontem à noite. Dois meninos brincavam, na calçada, perto de casa na região do Parque do Carmo quando o ajudante-geral Cleyton Eric Pereira fez uma curva fechada à direita, num trecho de subida acentuada, acabou subindo na calçada. I.S.N. e I.S.N, ambos de 9 anos, foram encaminhadas por testemunhas ao pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, onde I.S.N morreu. I.S.N segue internado e estado grave. Ao lado de Cleyton estava o segurança Francisco Renato da Silva Pereira. Ambos foram indiciados pela delegada Marisa Isabel Tardin por homicídio e lesão corporal culposas. Como os dois amigos não conseguiram R$ 1.100 para pagamento de fiança para responder processo em liberdade, não haviam sido soltos até a manhã de hoje. Eles serão transferidos ainda hoje para o 49º Distrito Policial, de São Mateus, e caso ainda não tenha o valor da fiança poderão ser encaminhados à uma cadeia pública, de onde sairão somente depois de pagar o valor exigido por lei. Segundo a polícia, o Corsa dirigido por Cleyton está alienado e foi emprestado por um colega do ajudante, mas ainda o verdadeiro dono do veículo não foi localizado. O carro ficará retido pela polícia e o proprietário poderá responder criminalmente também. O atropelamento foi registrado no 53º Distrito Policial, do Parque do Carmo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.