PUBLICIDADE

Dilma reúne-se com Lula em SP para analisar eleições municipais

Por JEFERSON RIBEIRO
Atualização:

A presidente Dilma Rousseff embarcou na manhã desta quarta-feira para São Paulo para se reunir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e analisar os resultados das eleições municipais e sua participação nas disputas do segundo turno, disseram fontes do governo. Uma das fontes afirmou à Reuters, sob condição de anonimato, que não está descartada a possibilidade de a presidente gravar depoimentos para campanha de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo. O petista vai disputar o segundo turno com o tucano José Serra. A conversa com o ex-presidente pode definir em que disputas Dilma deve ter participação em atos públicos, além de gravar inserções em programas de TV. Além da presidente, o ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da República, deve participar da reunião com Lula. Uma outra fonte do governo afirmou que até o momento está descartada a possibilidade de Dilma participar do anúncio de apoio do candidato derrotado do PMDB à prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita, a Haddad no segundo turno que deve ocorrer na tarde desta quarta. Chalita recebeu 14 por cento dos votos na disputa do primeiro turno em São Paulo. A ida de Dilma a São Paulo coincide com a reunião do Diretório Nacional do PT. O partido vai analisar os resultados das eleições municipais e definir a estratégia para a disputa no segundo turno, um dia depois de seis dos 10 ministros do Supremo Tribunal Federal terem votado pela condenação do ex-ministro José Dirceu, do ex-presidente do PT José Genoino e do ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares. (Com reportagem adicional de Maria Carolina Marcello)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.