PUBLICIDADE

Esfaqueamento múltiplo deixa seis mortos na ilha de Jersey

Suspeito foi detido e está sob custódia em hospital; duas crianças estão entre as vítimas.

Por BBC Brasil
Atualização:

Seis pessoas - entre elas, duas crianças - morreram devido a um esfaqueamento múltiplo ocorrido neste domingo na localidade de Saint Helier, na ilha de Jersey (território britânico localizado no Canal da Mancha), informou a polícia. Um homem de 30 anos, detido sob suspeita do ataque, está internado em um hospital, onde foi operado. A polícia foi chamada por volta das 15h locais (11h em Brasília) a um apartamento na região de Victoria Crescent para atender a uma chamada. Duas crianças, duas mulheres e dois homens foram mortos no ataque. As identidades e as idades das vítimas ainda não foram confirmadas. Várias testemunhas estão sendo interrogadas pela polícia, que já abriu uma investigação de homicídio. Autoridades forenses estão no local onde ocorreu o incidente, junto de vários policiais e investigadores. Um cordão de isolamento foi colocado na rua onde ocorreu o ataque, impedindo alguns moradores de chegar às suas casas. A sede da prefeitura e uma residência foram abertas para que as pessoas possam passar a noite. "Claramente esta investigação complexa está em seu estágio inicial, enquanto tentamos entender exatamente o que ocorreu", disse o chefe dos Serviços Criminais da polícia em Jersey, Stewart Gull. Jersey é uma ilha de 797 km², com pouco mais de 90 mil habitantes, enquanto Saint Helier tem 28 mil moradores. Uma das testemunhas do incidente deste domingo, Andre Thorpe, afirma que a área onde ocorreu o incidente é bastante isolada. "É um conjunto de terraços vitorianos antigos, e vários deles foram divididos em apartamentos", disse. Thorpe diz acreditar que todas as vítimas sejam integrantes da mesma família. "Para Jersey, isto foi um grande incidente." BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.