Foto do(a) blog

Baixe e ouça as principais notícias e análises

Quebra de bancos nos EUA e o temor de uma nova crise financeira

PUBLICIDADE

Por Gustavo Lopes Alves
Atualização:

Nesta semana, a economia dos Estados Unidos sofreu um duro golpe. O 16º banco mais importante do país, o Silicon Valley Bank, anunciou falência, o que causou apreensão de credores e clientes, principalmente, empresas de startups do Vale do Silício.

PUBLICIDADE

A quebra da instituição financeira lembrou o caso da Lehman Brothers que, em 2008, deixou seus clientes sem poder sacar suas economias, e provocou uma crise no setor hipotecário americano. Diferente deste caso, o governo americano resolveu reagir rápido para evitar uma quebradeira no sistema financeiro do país.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assegurou aos americanos que seus depósitos estão seguros. Aqui no Brasil, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que o colapso do Silicon Valley Bank, não parece suficiente para gerar uma crise sistêmica.

Afinal, existe o risco de uma nova crise econômica mundial como a de 2008? Como a falência dos bancos americanos pode atingir o Brasil? No 'Estadão Notícias' de hoje, vamos abordar esses assuntos com Carla Beni, economista e professora de MBAs da FGV.

O 'Estadão Notícias' está disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google podcasts, ou no agregador de podcasts de sua preferência.

Publicidade

Apresentação: Emanuel Bomfim

Produção/Edição: Gustavo Lopes, Jefferson Perleberg e Gabriela Forte

Sonorização/Montagem: Moacir Biasi

 

 
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.