PUBLICIDADE

Estradas de SP terão mais 2 pedágios eletrônicos

Por CAIO DO VALLE
Atualização:

Após quatro meses de atraso, começa a funcionar em dez dias um novo serviço de pedágio eletrônico nas rodovias paulistas. Hoje, só uma operadora - a Sem Parar - oferece a opção de os motoristas passarem diretamente pelas praças de cobrança, sem parar nas cabines. A primeira concorrente será a Auto Expresso, a partir do dia 28. Em 4 de março, a ConectCar também estará à disposição.Com o aumento da oferta, a expectativa do governo é de reduzir o preço do serviço e facilitar promoções, com mais planos pré e pós-pagos. Todas as 142 praças de pedágio das estradas estaduais terão as novas operadoras.Nas rodovias federais que cortam o Estado, como Dutra e Fernão Dias, a DBTrans, responsável pelo serviço Auto Expresso, e a ConectCar ainda terão de negociar com as concessionárias a adoção dos novos serviços. Há 15 pedágios em vias da União em território paulista.Segundo Karla Bertocco Trindade, diretora-geral da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), veículos com "tag" - dispositivo que registra a cobrança - da Auto Expresso e da ConectCar usarão as mesmas faixas destinadas hoje ao Sem Parar.No asfalto, em vez do logotipo da Sem Parar, será estampada a frase "cobrança eletrônica". Além disso, as placas que indicam as faixas do pedágio eletrônico terão a marca das três operadoras. As novas antenas já foram instaladas. Com uma frequência diferente, sua tecnologia é mais barata do que a atual.Assim como o Sem Parar, Auto Expresso e ConectCar poderão ser usados em estacionamentos pagos. "Estamos tratando com os principais shoppings de São Paulo para trazer a novidade em fevereiro", diz Wagner Muradian, da Auto Expresso. João Cumerlato, da ConectCar, quer começar a oferecer o serviço em março para 15 shoppings. "Também vamos negociar com os aeroportos." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.