Explosão em Beirute mata pelo menos três

Aparentemente, alvo foi veículo da embaixada americana.

PUBLICIDADE

Por BBC Brasil
Atualização:

Pelo menos três pessoas morreram nesta terça-feira após uma explosão na capital do Líbano, Beirute. Aparentemente a explosão foi causada por um carro-bomba que tinha como alvo um veículo que pertencia à embaixada americana. Não há informações sobre vítimas americanas no incidente. Nenhum grupo assumiu ainda a autoria da explosão, que ocorreu no bairro de Doura, de maioria cristã. A explosão ocorreu em um momento de tensão política no Líbano, que está sem presidente desde o dia 23 de novembro - quando o governante pró-Síria Emile Lahoud deixou o cargo depois de nove anos no poder. A oposição a favor da influência síria sobre o país, liderada pelo Hezbollah, e o governo do primeiro-ministro Fouad Siniora, que tem o apoio dos Estados Unidos, continuam tentando vencer um impasse para a escolha do novo governo. Nos últimos meses, o Líbano registrou uma série de atentados que mataram políticos contrários à influência síria. Em setembro, o parlamentar anti-Síria Antoine Ghanem foi morto na explosão de um carro-bomba em Beirute. Em dezembro, foi a vez de um general do exército libanês, François Al-Hajj, morto após a explosão de uma bomba na capital do país. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.