PUBLICIDADE

Grande SP teve 4 acidentes graves na madrugada

Por Oswaldo Faustino
Atualização:

Pelo menos quatro acidente mais graves ocorreram na noite de ontem e na madrugada de hoje na Grande São Paulo. Um deles aconteceu em Cotia, no interior paulista, onde um veículo da Polícia Rodoviária Estadual capotou na Rodovia Raposo Tavares. Os demais ocorreram em três pontos da capital: na Rua da Consolação, na Rua Heitor Penteado e na Marginal do Rio Tietê. Não houve mortes, mas algumas das vítimas tiveram ferimentos graves. No primeiro caso, a viatura do Tático Ostensivo Rodoviário trafegava, por volta da 1 hora da madrugada de hoje, pela Raposo Tavares no sentido capital, quando capotou à altura do quilômetro 22, por mais de 700 metros. Dos três policiais que estavam a bordo, um ficou preso entre as ferragens do veículo. Policiais do posto rodoviário mais próximo, em Cotia (SP), não justificaram porque o veículo estava em alta velocidade, resultando no capotamento. Socorridos, a equipe que estava dentro do carro foi levada ao Hospital Municipal de Cotia, sendo que um deles, em estado mais grave, foi removido ao Hospital Regional de Osasco, onde foi submetido a uma cirurgia. Por volta das 5h30 da madrugada, um carro modelo Ômega bateu na traseira de um Celta, em frente à estação Vila Madalena do Metrô, eme seguida se chocou contra as vigas de concreto que dividem as duas pistas. Os ocupantes do Celta saíram ilesos, mas os dois homens que se encontravam no Ômega se feriram e foram removidos ao Hospital das Clínicas, na capital. À altura do número 900 da Rua da Consolação, também ocorreu a colisão de dois veículos, durante a madrugada de hoje, deixando feridos três homens que foram socorridos no Hospital dos Samaritanos e uma mulher que foi levada ao Hospital Cruz Azul. Na Marginal do Tietê, próximo à Ponte da Vila Maria, um automóvel Gol capotou. O motorista, único ocupante do veículo, ficou gravemente ferio e encontra-se internado no Pronto-Socorro do Hospital Municipal Vereador José Storopolli.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.