Grupos convocam ato para quarta-feira, 3, na Avenida Paulista

Intitulado 'Da Copa eu abro mão, quero dinheiro para Moradia, Saúde, Educação e Transporte de Qualidade', protesto questiona compromissos assumidos por Dilma

PUBLICIDADE

Por CAIO PROENÇA
Atualização:

Movimentos sociais e partidos organizam pelo Facebook mais uma manifestação para esta quarta-feira, 3, na Avenida Paulista, em São Paulo. O ato está marcado para as 17 horas, com concentração na Praça Oswaldo Cruz, em frente ao Shopping Paulista, e foi convocado pelos grupos Rompendo Amarras, Assembleia Nacional dos Estudantes - Livre e Juntos, ligado ao PSOL, e endossado pelo Movimento Passe Livre nas redes sociais.De acordo com a página do evento no Facebook, quase 2 mil pessoas confirmaram presença. Intitulado "Da Copa eu abro mão, quero dinheiro para Moradia, Saúde, Educação e Transporte de Qualidade", o protesto questiona os compromissos assumidos pela presidente Dilma Rousseff em resposta às manifestações recentes.Segundo os organizadores, os cinco pactos propostos pelo governo "não são para os trabalhadores". Eles exigem que a presidente assuma como compromissos a instituição da tarifa zero, redução da jornada de trabalho, controle estatal sobre o preço de alugueis e pelo repasse de 10% do PIB para investimentos em Educação.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.