PUBLICIDADE

Homicídios em NY caem a menor nível desde 1963

Ano pode ter menos de 500 assassinatos, contra 2.225 no auge da violência, em 1990.

Por BBC Brasil
Atualização:

A taxa de homicídios em Nova York caiu para seu menor nível desde que estas estatísticas começaram a ser contabilizadas, em 1963, segundo dados divulgados pelo departamento de polícia da cidade americana. Segundo o órgão, a cidade de 8 milhões de habitantes poderia terminar o ano com menos de 500 homicídios. Antes considerada a cidade mais violenta dos Estados Unidos, Nova York registrou 428 assassinatos entre janeiro e 18 de novembro, contra 511 no mesmo período do ano passado. Essa também é uma redução significativa sobre o período no qual o índice de homicídios da cidade estava no seu auge, em 1990, quando ocorreram 2.225 assassinatos. A onda de violência do início dos anos 1990 em Nova York era atribuída a disputas entre gangues rivais de traficantes de cocaína. Ao analisar os números deste ano, o departamento de polícia de Nova York disse que em quase todos os casos as vítimas e os assassinos se conheciam. Apenas 35 homicídios foram cometidos envolvendo pessoas que se desconheciam completamente. O índice de crimes violentos na cidade também registrou uma queda de 5% no primeiro semestre do ano, segundo os dados oficiais. A melhoria nos índices de violência na cidade são atribuídos pela polícia de Nova York à política de tolerância zero, segundo a qual os policiais passaram a combater com vigor todos os tipos de delitos, mesmo os menos graves. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.