PUBLICIDADE

Israel mata atirador do Hamas;morteiros de Gaza atingem cidade israelense

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Forças israelenses mataram um atirador do Hamas acusado por Israel de prepara o disparo de um foguete da Faixa de Gaza neste domingo. Separadamente, um ataque palestino atingiu uma cidade do sul de Israel, sem causar danos. Os incidentes aconteceram após um período de três dias de calmaria desde um aumento da violência na semana passada, quando Israel matou pelo menos quatro militantes de Gaza após dezenas de foguetes serem disparados contra cidades israelenses, danificando algumas casas e ferindo vários trabalhadores agrícolas. Um ataque aéreo israelense antes do amanhecer deste domingo atingiu dois atiradores do enclave palestino governando pelo movimento Hamas enquanto eles dirigiam motocicletas perto da cidade central de Khan Younis, disseram autoridades locais. Um homem foi morto e o outro ficou ferido. O Hamas afirma que seus atiradores haviam disparado morteiros contra as forças terrestres israelenses que estavam em um território costeiro próximo. Os militares israelenses afirmaram que os soldados, que não ficaram feridos, realizavam "trabalhos de rotina ao longo da cerca de fronteira". Separadamente, dois foguetes palestinos disparados de Gaza atingiram Beersheba, uma cidade a 40 quilômetros de distância, sem causar danos, disse o porta-voz militar. Beersheba soou sirenes antiaéreas e fechou escolas, como precaução contra novos ataques. Embora o islâmico Hamas seja hostil ao Estado judeu, o grupo recentemente tem procurado evitar confrontos transfronteiriços, enquanto tenta consolidar seu domínio sobre Gaza em face de adversários mais radicais, e construir relações com potenciais aliados no exterior. A política de Israel é de sempre responsabilizar o Hamas por qualquer ataque proveniente de Gaza. (Reportagem de Nidal al-Mughrabi)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.