PUBLICIDADE

MP de SP investiga saída de presos sem escolta

Por AE
Atualização:

Saídas de presos do regime fechado sem escolta para trabalhar em chácaras e na casa de diretores, venda de cigarros contrabandeados do Paraguai e comercialização de CDs religiosos pagos com dinheiro que os detentos ganham trabalhando na cadeia. Essas são algumas das denúncias investigadas pelo Ministério Público Estadual envolvendo o Centro de Ressocialização (CR) de Ourinhos, no noroeste do Estado. Documentos obtidos pelo Jornal da Tarde mostram uma ordem de saída sem escolta para o preso Elias Dias Pereira, de 70 anos. Ele cumpre pena, em regime fechado, por furtos, estelionato e receptação. Na sexta-feira, foi autorizado a sair da prisão só com a diretora técnica da unidade, Suely Gomes Ferreira, para ir à Rua Arcanjo Trianes, em Ourinhos, e voltar às 17 horas. No dia 17, ele foi autorizado a deixar o regime fechado para trabalhar na chácara do representante de uma ONG que presta serviços para o CR. Em 18 de fevereiro, outro preso, Gerson Augusto, do regime semi-aberto, foi autorizado a sair da unidade para fazer trabalhos externos. A prestação de serviço era na casa da própria Suely. A ordem de saída foi assinada pelo diretor do Núcleo de Segurança e Disciplina, Wellington Wagner de Souza Silva, que também autorizou o preso Luiz Antonio da Silva a sair para prestar serviços na casa de Sérgio Lopes Chiarato, um egresso do próprio CR, em 26 de fevereiro. Outros presos do semi-aberto foram autorizados a sair para a parte externa da unidade para preparar um churrasco de Natal no CR. O MPE investiga também a suposta venda de cigarros contrabandeados do Paraguai para os presos. Nas denúncias, consta um documento com assinaturas de 21 presos, autorizando a retirada do pecúlio (dinheiro recebido por trabalho na cadeia) para comprar CDs gospel. Os preços variavam de R$ 10 a R$ 15. O produtor dos CDs seria um religioso amigo da diretora. As informações são do Jornal da Tarde

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.