Policial é encontrado morto em Maricá e outro é baleado no Rio

Também foram registrados tiroteios nas comunidades da Mangueira e da Rocinha, onde um homem morreu em meio a confronto

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Em um fim de semana foi marcado pela violência no Rio de Janeiro, um policial militar foi encontrado morto, em Maricá, na Região Metropolitana, e outro foi baleado numa tentativa de assalto, na zona norte da cidade. Também foram registrados tiroteios nas Favelas da Mangueira e da Rocinha, onde um homem morreu após um confronto entre traficantes e policias da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), segundo a Polícia Militar. O confronto ocorreu na noite deste sábado, 27, por volta das 22h, de acordo com a Coordenadoria da Polícia Pacificadora. Os policiais teriam sido recebidos a tiros por um grupo de traficantes na região conhecida como Cachopa. Após o confronto, um homem ainda não identificado deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Rocinha. Ele ainda foi transferido para o Hospital Miguel Couto, mas não resistiu. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios (DH). Moradores da comunidade tentaram fechar o acesso ao Túnel Zuzu Angel, na entrada da favela, em protesto contra a morte do homem. Segundo a Polícia, a manifestação foi contida por agentes do Grupamento de Intervenção Tática (GIT). Já na manhã deste domingo, 28, houve confronto entre policiais da UPP da Mangueira, na zona norte do Rio, e traficantes. O tiroteio ocorreu na localidade de Caixa D'água, durante uma patrulha dos policiais. A viatura foi atingida e passará por perícia. Ainda não há informações sobre feridos. Policial. Em Maricá, na região metropolitana, um policial militar foi encontrado morto dentro de um carro, no início da manhã. Segundo a PM, o corpo do sargento Ivo Leandro Zanu tinha ferimentos de bala. Não há informações sobre as circunstâncias da morte do policial, que será investigada também pela DH. Também na manhã deste domingo, por volta das 7h, um policial foi baleado após uma tentativa de assalto em Rocha Miranda, na zona norte. Segundo a Polícia Militar, o agente reagiu à tentativa dos ladrões de levar seu carro e foi atingido no ombro. Ele foi encaminhado para o Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, e passa bem. Os ladrões fugiram sem levar nenhum pertence do policial.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.