PUBLICIDADE

Soja em MT deve ter bom rendimento

Produtividade média nas lavouras do Estado pode ser a melhor dos últimos dez anos, esperam os produtores

Por Ana Conceição e Fabiola Gomes
Atualização:

Atraso no plantio, ferrugem e chuva durante a colheita não devem baixar o rendimento das lavouras de soja em Mato Grosso. Dados preliminares do Rally da Safra, expedição que checa as lavouras de grãos do País, mostram que a produtividade local deve superar as 50,5 sacas por hectare estimadas pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab). O Rally percorreu Mato Grosso durante duas semanas e os números consolidados da expedição serão divulgados segunda-feira. "Mato Grosso deverá ter a maior produtividade média em dez anos", avalia o produtor Naildo da Silva Lopes, de Santa Rita do Trivelato. Segundo ele, o rendimento deve superar as 49 sacas/hectare da safra 2006/2007. A região registrou muita chuva no período de maturação da soja, mas as perdas devem ficar, no máximo, em 5%. A ferrugem foi bem controlada, com média de duas aplicações de fungicida. Os produtores da região estimam que a produção média da safra precoce de soja deve ser de 60 sacas/hectare. Fora do Rally, o analista Steve Cachia, da Cerealpar, visitou lavouras em Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste e Rondonópolis, e também vê produtividade elevada. "Há muitos relatos de 65 sacas. É cedo para dizer, mas podemos ver número recorde neste ano", afirma. Ele acredita que as chuvas durante a colheita afetaram mais a qualidade que a quantidade de soja colhida. "Houve avanço na tecnologia aplicada pelos produtores, mas em geral o clima também ajudou."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.