Velório de Bento XVI começará na segunda e funeral será presidido pelo papa Francisco

Funeral ocorrerá na quinta-feira, 5, na Praça São Pedro; papa emérito pediu que cerimonial fosse ‘o mais simples possível’

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

CIDADE DO VATICANO - O velório do papa emérito Bento XVI será realizado a partir desta segunda-feira, 2, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, com visitação aberta ao público. O papa Francisco presidirá os ritos de despedida do funeral, a partir das 9h30, em horário local, da quinta-feira, 5. O sepultamento ocorrerá na cripta da basílica.

PUBLICIDADE

“O caixão do soberano pontífice emérito será levado para a Basílica de São Pedro e depois para as grutas do Vaticano (que abrigam os túmulos dos papas) para ser enterrado lá”, disse o Vaticano em comunicado.

Bento XVI morreu às 9h34, em horário local, e, segundo o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, deixou como último pedido que o funeral fosse “o mais simples possível; solene, mas sóbrio. “Não é um momento para muitas palavras, mas sim de dor”, acrescentou.

O porta-voz afirmou que Bento XVI recebeu a extrema unção na quarta-feira, 28, após seu estado de saúde se agravar. No momento do falecimento, estava acompanhado do seu secretário, o monsenhor George Ganswein, e das quatro leigas do instituto Memores Domini, que o acompanhavam desde a renúncia.

Como ex-chefes de Estado, o funeral do papa emérito contará com a presença de autoridades estrangeiras. A Alemanha e a Itália estão entre os primeiros países confirmados entre os que enviarão delegações oficiais à Cidade do Vaticano.

Segundo as normas estabelecidas pela Constituição Apostólica Dominici Gregis, promulgada por João Paulo II, em 1996, o papa Francisco decretará luto oficial. Até o momento, o Vaticano não divulgou se o corpo do papa emérito será embalsamado, como o de parte de seus predecessores.

O caixão com os restos mortais será transferido na segunda-feira para a Basílica de São Pedro, onde será colocado em frente ao altar da confissão e permanecerá por três dias. Por enquanto, não há confirmação se, assim como a tradição indica, o corpo será colocado em três caixões: um feito de cipreste forrado com veludo carmesim embutido em outro, de chumbo de quatro milímetros de espessura, por sua vez embutido em outro feito de madeira de olmo envernizada.

Publicidade

O fluxo de turistas e fiéis no Vaticano aumentou após a notícia da morte do pontífice, o que motivou a determinação para o fechamento temporário da Praça de São Pedro. Também está proibido estacionar veículos nas ruas adjacentes.

O papa emérito morreu neste sábado, 31, aos 95 anos, no mosteiro Mater Ecclesiae, do Vaticano, onde residia desde a histórica renúncia ao pontificado, em 2013. A preocupação com o estado de saúde do papa alemão aumentou na quarta-feira, 28, quando o papa Francisco afirmou que o antecessor estava “muito doente” e pediu “uma oração especial” aos fiéis.

O secretário pessoal do pontífice emérito, monsenhor Georg Ganswein, afirmou repetidamente nos últimos anos que Bento XVI era como ”uma vela que se apaga lenta e serenamente”.

Corpo de Bento XVI será velado na Basílica de São Pedro Foto: Celso Junior/Estadão

Um dia depois, a Santa Sé disse que o papa emérito “conseguiu descansar bem à noite, estava absolutamente lúcido e vigilante” e permanecia “estável” apesar da gravidade. A situação se manteve na sexta-feira, 30, quando conseguiu assistir a uma missa celebrada no seu quarto.

CONTiNUA APÓS PUBLICIDADE

Depois de saber da condição de saúde do papa emérito, numerosos fiéis se reuniram em diferentes dioceses e templos do mundo para rezar por ele, seguindo as instruções de Francisco./COM INFORMAÇÕES DA EFE E AFP

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.