PUBLICIDADE

Nova exposição com realidade virtual em SP revela Tutankamon e mistérios do Egito Antigo; veja vídeo

Atração no Shopping Cidade São Paulo receberá visitantes até o final de maio; experiência imersiva é mesclada com textos de história e réplicas de objetos do Antigo Egito

Foto do author Giovanna Castro
Por Giovanna Castro
Atualização:

Quantas vezes você já teve vontade de viajar para o Antigo Egito e saber mais sobre essa civilização tão fascinante? Agora, uma exposição que chegou a São Paulo pode ajudar a desmistificar as tumbas faraônicas e a vida dos antigos egípcios – tudo com a ajuda de programas de realidade virtual.

Inauguração da exposição imersiva sobre o Antigo Egito no Shopping Cidade São Paulo, a Tutankamon, aconteceu nesta sexta-feira, 19. Na foto, sala de projeção exibe a história do faraó. Foto: Werther Santana/Estadão

Chamada “Tutankamon, Uma Experiência Imersiva”, a exposição fica no Shopping Cidade São Paulo, na Avenida Paulista, e é inteiramente dedicada ao faraó de mesmo nome, que viveu na 18ª dinastia egípcia, no período da história do país conhecido como Império Novo.

PUBLICIDADE

Tutankamon (ou Tutancâmon) teve um reinado curto (ele morreu com 19 anos), mas sua tumba é uma das mais famosas da história. Isso porque foi encontrada intacta por uma equipe de pesquisares britânicos em 1922. A beleza e a riqueza de detalhes dos achados colocaram a tumba do antigo monarca egípcio como uma das maiores descobertas arqueológicas da humanidade.

Às margens do Rio Nilo, o Vale dos Reis é uma região no Egito onde a arqueologia descobriu vários túmulos de faraós, mas todos, até 1922, haviam sido reutilizados para outros funerais, danificados pelo tempo ou saqueados.

Os arqueólogos encontraram 5,4 mil itens na câmara funerária do jovem faraó, que hoje pode ser visitada por turistas no Vale dos Reis. Já a máscara funerária de Tutankamon pode ser vista de perto no Museu do Cairo.

Para quem ainda não tem planos de viajar para o norte da África, a nova exposição na capital paulista fica em um lugar nunca ocupado antes no shopping Cidade São Paulo, projetado inicialmente para ser um teatro, no 4º andar. Ele replica uma produção que já existe em alguns países da Europa e que agora é trazido para o Brasil.

Ao todo, são sete salas de exposição:

Publicidade

  • Três com exposição de réplicas de peças da tumba de Tukanamon, como a máscara funerária e a múmia do faraó, feitas em parceria com o artista palestino Maisur Musa, e textos que explicam a história da personalidade histórica;
  • Uma com projeção 3D que explica a história do faraó Tutankamon em seis capítulos;
  • Uma com cabines fotográficas que simulam como a pessoa seria se vivesse no Antigo Egito, tecnologia similar a de aplicativos de inteligência artificial fotográfica;
  • Duas com experiências de realidade virtual, onde a pessoa consegue ver e vivenciar o interior e o exterior da tumba de Tutankamon utilizando óculos tecnológicos especiais.
Sala de projeção conta a história do faraó egípcio Tutankamon.  Foto: Werther Santana/Estadão

Tecnologia para todas as idades

Segundo Hugo Teixeira, diretor da exposição, o conteúdo foi produzido com tecnologias que dão a sensação de profundidade e de realidade. “A sensação é de que estamos imersos na história egípcia”, diz ele, CEO da Bem Comunicação, que trouxe a atração junto com a Apple Produções.

A ideia, segundo ele, era construir uma exposição tecnológica capaz de interessar crianças, adultos e idosos. E parece ter funcionado: no primeiro dia de exposição, visitantes de todas as idades se mostraram fascinadas pelos projetos de realidade virtual e projeção 3D.

“Achei muito interessante. Tem tudo que a gente já estudou, mas nunca vi tão claro como aqui. Isso confirma a revolução tecnológica que a humanidade tem vivido ao longo dos anos”, comenta Antônio Basídio da Silva, de 93 anos, aposentado.

Antônio Basídio da Silva, de 93 anos, aposentado, na sala de experiência fotográfica da exposição Tutankanom. Foto: Giovanna Castro/Estadão

PUBLICIDADE

“É um tipo de exposição diferente de tudo o que a gente está acostumado. A primeira parte (de textos e réplicas) deixa um pouco a desejar, a tradução está um pouco esquisita. Mas isso de ser bem interativo e tecnológico é uma experiência muito diferente, principalmente para nós, que estamos acostumados com museus tradicionais”, diz a historiadora Tatiane Gonçalves, de 36 anos.

O consultor financeiro Kleber Uttempergher, 47 anos, decidiu ir com toda a família – a mulher, os três filhos, de 14, 12 e 10 anos, e a sogra, de 71 anos. “É um passeio ideal para a família, nós gostamos de incentivar esse conhecimento histórico e cultural nas crianças”, relata.

“Nossos dois filhos mais velhos já passaram por um pouco da história do Egito na escola e, vindo aqui, foram lembrando e falando o que sabem sobre o assunto”, comentou Maria Emilia Brinkmann, mulher de Uttempergher e pedagoga.

Publicidade

A família de Kleber e Maria Emilia foi uma das primeiras a visitarem a exposição Tukanamon, nesta sexta-feira, 19, de inauguração. Todos se divertiram na experiência de realidade virtual. Foto: Giovanna Castro/Estadão

Confira as informações sobre como visitar a exposição “Tutankamon, Uma Experiência Imersiva”:

  • Onde? No 4º andar do shopping Cidade São Paulo, na Avenida Paulista, número 1.230;
  • Por quanto tempo? de 19 de janeiro até o fim de maio;
  • Que horas? De segunda a sábado das 10h às 22h e de domingo e feriados das 12h às 21h;
  • Qual é o preço? A partir de R$ 40 por pessoa a meia-entrada e R$ 80 a inteira;
  • Como comprar? No site da Ticket Master.
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.