Publicidade

Agência de notícias divulga obituário de George Soros, que continua vivo

Assessoria de imprensa do bilionário húngaro divulgou nota esclarecendo que ele não morreu

Por Leandro Mode
Atualização:

SÃO PAULO - A agência de notícias Reuters publicou equivocadamente uma reportagem na tarde desta quinta-feira em que informa que o bilionário George Soros havia morrido. O texto mostra que a agência colocou no ar por engano o obituário do megainvestidor de origem húngara. A data da 'morte' e a idade estavam preenchidos com X.

PUBLICIDADE

"George Soros, que morreu XXX com XXX anos, foi um predador e altamente bem sucedido financista e investidor, que, paradoxalmente, criticou por anos o capitalismo de livre mercado que permitiu a ele acumular bilhões", dizia o texto.

Cerca de uma hora depois da divulgação do texto, a assessoria de imprensa de Soros divulgou um comunicado informando que ele "está vivo e bem".

Pelo twitter, a agência Reuters reconheceu o erro. "A Reuters publicou um obituário de George Soros por engano. A Reuters retirou do ar o texto assim que ele apareceu", afirmou a nota.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.