Publicidade

Dólar cai diante do iene com expectativa de 'payroll' fraco

 O dólar caiu ligeiramente em relação ao iene na Ásia, na medida em que os investidores especulam que o saldo de contratações não-agrícolas nos EUA ("payroll"), a ser divulgado nesta sexta-feira, pode não trazer números fortes, alimentando a expectativa de mais afrouxamento monetário por parte do Federal Reserve (Fed, banco central).

Atualização:

Os investidores vão prestar atenção aos dados para agosto, com divulgação prevista para as 9h30 (de Brasília), e os operadores de câmbio em Tóquio disseram que o resultado provavelmente será uma dica para os investidores retomarem a venda de dólares.

PUBLICIDADE

De acordo com Tsutomu Soma, "dealer" da corretora Okasan Securities, para dar sustentação ao dólar o "payroll" tem de mostrar um aumento de mais de 200 mil contratações. Mas ele disse que alcançar tal número é "muito difícil" e uma pesquisa da Dow Jones com economistas apontou a previsão de um aumento de 80 mil postos de trabalho.

Se o "payroll" não conseguir surpreender o mercado positivamente, o que os operadores em Tóquio dizem ser provável, vai aumentar a expectativa de que o Fed anuncie mais medidas de afrouxamento, incluindo medidas de afrouxamento quantitativo, na próxima reunião do seu Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) entre 20 e 21 de setembro.

Tal especulação levará ao enfraquecimento do dólar por meio da redução dos yields dos Treasuries e ao fortalecimento das moedas de alto rendimento, como o euro, através de valorização das ações, disse Soma. Às 2h47 (de Brasília) o dólar era negociado a 76,83 ienes, de 76,91 no fechamento de quinta-feira em Nova York. O euro estava cotado a US$ 1,4243, de US$ 1,4263. Em relação ao iene, o euro recuava para 109,45 ienes, de 109,71 ienes no fechamento anterior. As informações são da Dow Jones.

(Hélio Barboza, da Agência Estado)

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.