Publicidade

Exportação de celulose do País cai 10,8% em janeiro

Por André Magnabosco
Atualização:

A indústria brasileira exportou 635 mil toneladas de celulose em janeiro deste ano, segundo dados preliminares divulgados na tarde desta terça-feira pela Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). O montante é 10,8% inferior ao registrado em janeiro de 2012 e 26,2% menor do que em dezembro do ano passado.A receita brasileira com as exportações do insumo somou US$ 365 milhões, praticamente estável em relação ao ano passado. As vendas para a China cresceram 23,6% no período e somaram US$ 152 milhões. Com isso, o país asiático superou a Europa e se tornou o principal destino das vendas brasileiras. As vendas para os europeus cresceram apenas 2,9% no mesmo período, para um total de US$ 140 milhões.Na América do Norte, a tendência foi contrária. As vendas encolheram 39,4% e somaram US$ 40 milhões. As exportações para a América Latina e Ásia/Oceania (excluída a China) também diminuíram em janeiro.Em linha com o menor volume exportado, a produção nacional encolheu 1,5% em janeiro e totalizou 1,145 milhão de toneladas. Parte da queda da produção, assim como das exportações, tem origem na decisão da Jari de interromper a produção de celulose branqueada de eucalipto. Na comparação com dezembro de 2012, a produção teve retração de 5,1%.As vendas domésticas de celulose somaram 130 mil toneladas em janeiro, diminuição de 1,5% em relação a janeiro de 2012 e de 4,4% sobre dezembro do ano passado. As importações cresceram 15,6% na comparação entre os meses de janeiro, para 37 mil toneladas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.