PUBLICIDADE

Adele revela sofrer com sintomas de abstinência de café: ‘Mais difícil do que largar o cigarro’

Cantora relatou estar com tremores e enxaquecas: ‘Como se tivesse uma furadeira na cabeça’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Adele revelou estar passando por tremores e intensas enxaquecas desde parou de tomar café. A cantora relatou que abrir mão da cafeína tem sido mais difícil do que parar de fumar cigarro e beber álcool.

PUBLICIDADE

As declarações foram feitas durante o show de sua residência na casa de shows The Colosseum, no hotel e cassino Caesars Palace, em Las Vegas e divulgadas pelo The Sun. No intervalo entre uma música e outra, ela disse:

“Eu decidi parar com isso por agora e tive enxaqueca a semana inteira. Tive uma dor de cabeça incômoda por dois dias porque parei. Minha cabeça estava latejando. Foi como se tivesse uma furadeira lá dentro, foi pesado demais”.

Adele durante performance no Brit Awards Foto: Peter Cziborra/Reuters

“Foi mais difícil do que largar o cigarro, mais difícil do que quando você quer parar de beber. Estou enojada por esses sintomas de abstinência, mas não vou desistir. Então, caso vocês me vejam tremendo, não se preocupem. Não fiquem preocupados”, comentou a artista.

Em seguida, Adele afirmou que se apresentar para os fãs ajuda a lidar com os sintomas de abstinência. “Não vou desistir. Tomei 25 cafés descafeinados ontem para enganar o meu cérebro, para que ele achasse que estava bebendo café. Cafeína e adrenalina devem ser a mesa coisa, porque no instante que subo ao palco e vocês cantam junto comigo a minha dor de cabeça desaparece. Finalmente um pouco de alívio”, disse.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.