PUBLICIDADE

‘O agressor não pode ser a vítima’, diz Ana Hickmann ao responder fãs no Instagram

‘Força e coragem para todas as mulheres que também vivem em relacionamento abusivo’, destacou apresentadora neste domingo, 10

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Ana Hickmann usou seu perfil no Instagram neste domingo, 10, para responder a perguntas de fãs sobre mudanças em sua vida após o rompimento com seu marido, Alexandre Correa, a quem acusa de agressão física e violência patrimonial. Ele nega as acusações.

Questionada se “se sente mais segura após sair de uma relação abusiva?”, respondeu: “O primeiro passo para demonstrar segurança é denunciar uma relação abusiva. Quando a gente fala de abuso, de maus tratos, não estou falando apenas da parte física, porque a parte física é praticamente a gota d’água, o ponto final de tudo.”

Ana Hickmann em frame de vídeo publicado em seu Instagram em dezembro de 2023 Foto: Instagram/@ahickmann

PUBLICIDADE

“Hoje eu posso dizer que eu demorei muito para ter essa segurança, essa coragem. Por inúmeros motivos. Hoje me sinto mais segura, e sim, essa segurança está me ajudando demais a seguir adiante”, continuou Ana Hickmann.

Em outro momento, disse: “O primeiro passo da coragem é enfrentar todas as pessoas que dizem que você não deve denunciar, que precisa pensar na família, no que os outros irão dizer. O agressor não pode ser a vítima. Força e coragem para todas as mulheres que também vivem em relacionamento abusivo”.

“Para minha surpresa, a questão financeira é o que mais ‘pega’ quando a gente tem que dar um ‘basta’ num relacionamento tóxico. A questão financeira é o que nos desencoraja, muitas vezes, a dar esse primeiro passo. Na sequência, a questão da sociedade, as pessoas que acreditam que aquilo pode ter continuidade. Sabe o que nós mulheres precisamos ter? Mais segurança do que a gente é capaz”, concluiu Ana Hickmann.

A apresentadora também foi perguntada se está mais “leve” e mais “feliz” diante do período conturbado: “Com certeza eu me sinto mais leve. Me sinto livre, e isso ajuda demais. Mas, feliz? Isso ainda vai demorar um pouco pra acontecer. Mas estou lutando pela minha felicidade, isso é o que importa.”

Ana ainda destacou a importância de seu filho, Alezinho, de nove anos: “O coração [está] muito triste. Eu diria até totalmente partido. É muito difícil a gente enfrentar tantos problemas, desafios, uma avalanche de sentimentos, de coisas difíceis, e manter a cabeça de pé, erguida. Mas, se eu não fizer isso, quem vai fazer pelo meu filho? Apesar de toda a tristeza e toda a dor, eu não tenho o direito de parar para chorar”.

Publicidade

Ana Hickmann e Alexandre Correa

Ana Hickmann e Alexandre Correa Foto: Iara Morselli/Estadão

A apresentadora registrou um boletim de ocorrência por violência doméstica em 11 de novembro e também acusa seu marido, Alexandre Correa em relação à gestão da empresa do casal.

Na última quinta-feira, 7, o Estadão revelou que Ana contratou um perito criminal que já trabalhou para defesa de Lula na Lava Jato para investigar a gestão administrativa de Correa nas empresas das quais o ex-casal é sócio. Os dois teriam dívidas que somam ao menos R$ 5 milhões e este seria um dos motivos da discussão que gerou a agressão. Saiba mais sobre o caso aqui.

Alexandre Correa nega as acusações feitas por Ana Hickmann, e na última sexta-feira entrou com um pedido de revogação de medida protetiva solicitada (leia mais aqui).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.