PUBLICIDADE

Ed Sheeran revela desejo de mudar estilo musical; saiba qual

Semana passada, cantor foi inocentado em caso de plágio da música ‘Let’s Get It On’ (1973), de Marvin Gaye

Foto do author Thaíse Ramos
Por Thaíse Ramos

Ed Sheeran foi convidado para uma performance surpresa no Academy of Country Music (ACM) Awards e, durante uma entrevista, o cantor e compositor revelou que tem o desejo de mudar de estilo musical.

PUBLICIDADE

Segundo a Billboard, o cantor britânico confessou que deseja cantar mais músicas country. “Falo sobre isso com minha esposa o tempo todo. Adoraria fazer a transição para o country. Amo a cultura disso, eu simplesmente amo a composição. São como canções brilhantes. É como uma comunidade”, destacou.

“Não há realmente um lugar na Europa onde você possa apontar e dizer: ‘Essa é a casa da composição’. Não é apenas para música country. Nashville é apenas um centro de compositores incríveis, artistas incríveis. E eu realmente me senti inspirado apenas por estar perto de todos”, completou Ed Sheeran.

De acordo com o astro, foi Taylor Swift quem lhe apresentou o estilo musical. “Nunca tinha ouvido música country quando criança. Foi apenas na turnê Red de Taylor, e morar em Nashville... Ela basicamente me apresentou a esse lado. Há uma estação de rádio na Inglaterra chamada CountryLine Radio que eu e minha esposa passamos o dia todo, todos os dias na cozinha”, contou.

O Academy of Country Music (ACM) Awards acontece nesta quinta-feira, 11, no Ford Center at the Star em Frisco, Texas, nos arredores de Dallas, às 20h (horário de Brasília). O evento será apresentado pelos por Dolly Parton e Garth Brooks e terá transmissão ao vivo exclusivamente no Prime Video e no canal Amazon Music no Twitch.

Declarado inocente

Ed Sheeran foi inocentado, no último dia 4, do processo que alegava plágio da música Let’s Get It On, de 1973, do cantor Marvin Gaye, para compor o seu hit Thinking Out Loud, de 2014.

Os herdeiros de Ed Townsend, co-compositor, processaram Sheeran em 2017, sua gravadora Warner Music Group e sua editora musical Sony Music Publishing, alegando violação na participação de seus direitos autorais na canção de Marvin Gaye. Os pleiteantes apontaram progressões de acordes e ritmos semelhantes nas duas canções.

Publicidade

Segundo o jornal The Guardian, Ed Sheeran abraçou sua advogada logo após o anúncio do veredito e disse estar “feliz” por ter derrotado alegações de direitos autorais que ele afirmou serem “sem base”.

Morto em 1984, Marvin Gaye colaborou com Ed Townsend, que morreu em 2003, para escrever Let’s Get It On. A música liderou as paradas da Billboard em 1973. Já Thinking Out Loud alcançou a segunda posição na Billboard Hot 100, em 2015.

Ed Sheeran comemora veredito ao lado de advogados. FOTO: TIMOTHY A. CLARY / AFP 
Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.