PUBLICIDADE

‘Estou muito tranquilo e ciente da minha inocência’, diz Antonio Rafaski, acusado de abuso sexual

Modelo acusa ex-BBB e solicita medida protetiva contra o influenciador

Foto do author Maria Fernanda Viana
Por Maria Fernanda Viana
Janaína Ana da Silva acusa Antonio Rafaski de abuso sexual Foto: Reprodução | Instagram @iamjanainasilva e Reprodução | Instagram @antonio_rafaski

A modelo Janaína Ana da Silva acusou o ex-BBB Atonio Rafaski de abuso sexual na última terça-feira, 30. Por meio de seu Instagram, ela relatou como tudo aconteceu e chamou o influenciador de “violador em série”. Nesta quarta-feira, 31, o acusado divulgou um comunicado sobre o ocorrido em suas redes sociais, negando o crime (veja abaixo):

Antonio Rafaski se pronuncia após acusações de abuso sexual Foto: Reprodução | Instagram @antonio_rafaski
Antonio Rafaski se pronuncia após acusações de abuso sexual Foto: Reprodução | Instagram @antonio_rafaski

Entenda o caso

De acordo com Janaína, o abuso ocorreu em 2 de dezembro de 2022. Na ocasião, ela estava em São Paulo, acompanhada de amigos para assistir a um jogo da Seleção Brasileira pela Copa do Mundo.

No desabafo, a modelo explicou que demorou para expor a situação, alegando que precisou de tempo para processar o ocorrido. “Eu corro risco de vida”, disse.

PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira, 31, o acusado divulgou um comunicado sobre o ocorrido, negando o crime. “Fui pego de surpresa de forma absurda com as acusações direcionadas a mim”, disse Antonio.

Além da nota, o influenciador expôs prints de mensagens trocadas com Janaína. De acordo com o ex-BBB, as mensagens podem ser vistas como evidências de sua inocência.

Rafaski ainda ressaltou que, de fato, esteve com Janaína, mas como um casal. De acordo com o pronunciamento, a modelo teria convidado o influenciador para ir até a sua casa em 14 de dezembro de 2022, 12 dias após o abuso alegado por Janaína.

Ainda no comunicado, o ex-BBB relembrou que já foi acusado de abuso sexual anteriormente, por uma colega da modelo. “O que eu sei é que o mesmo ‘modus operandi’ ocorreu em 2021, com uma colega de internet da própria Janaína. Na tentativa de ludibriar a internet e a Justiça, foi aberto um inquérito que, aliás, foi arquivado, e a suposta abusada ainda me deve indenização por danos morais”, explicou.

Publicidade

No relato, Janaína revelou estar com ex-colegas na data do abuso, responsáveis por apresentarem os dois. Rafaski também falou sobre: “Quanto aos ex-amigos aos quais ela se refere, talvez as pessoas optem por abrir mão de uma amizade para não dar um falso testemunho”.

A modelo fez uma denúncia no Ministério Público de São Paulo e solicitou uma medida protetiva contra Antonio Rafaski.

* Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.