PUBLICIDADE

Léo Santana rebate críticas por usar imagem com alusão ao diabo em show: ‘Podemos ter exagerado’

Trecho do Baile da Santinha viralizou nas redes sociais no final de semana; cantor explicou que imagem faz parte do conceito do evento e diz que não a usa mais

Foto do author Redação
Por Redação

O cantor Léo Santana rebateu críticas que recebeu por usar uma imagem de um homem sem camisa com chifres e vestindo calça vermelha durante a abertura do evento Baile da Santinha. O registro viralizou nas redes sociais neste final de semana, principalmente entre o público evangélico.

Em uma sequência de stories no Instagram publicadas neste domingo, 26, Léo explicou que a transmissão faz parte do conceito do evento, que brinca com a ideia de céu e inferno, mas que não é mais utilizada. Ele também reafirmou ser cristão.

Léo Santana rebateu críticas por abertura de show e disse que imagem não é mais utilizada no Baile da Santinha. Foto: @leosantana via Instagram e @forumpandlr via X

PUBLICIDADE

“Não é novidade, para a maioria, que eu sou um homem de Deus”, disse. O artista comentou que o Baile da Santinha ocorre em diversos pontos do Brasil há quase 10 anos. “Quem vai ao Baile da Santinha sabe que a gente brinca muito com a ideia de céu e inferno, ‘diabinho’ e ‘santinho’, quem é você no baile”, pontuou.

O cantor disse que a abertura partiu de um conceito lúdico. Logo na entrada, auréolas e ‘chifrinhos’ são distribuídos ao público para brincar com a ideia.

“Podemos ter exagerado, sim, na brincadeira do LED envolvendo aquela imagem, mas é só isso”, afirmou. Léo também contou que a transmissão, na sequência, envolve uma mulher vestida de branco em referência a um anjo. “Mas é um conteúdo antigo, que não usamos mais”, reafirmou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.