PUBLICIDADE

Taylor Swift: Processo que acusa cantora de plágio em ‘Shake It Off’ é encerrado após 5 anos

Compositores da música ‘Playas Gon’ Play’, do grupo 3LW, alegavam que a artista copiou trechos da canção

Foto do author Julia Queiroz
Por Julia Queiroz

A cantora Taylor Swift e os compositores Sean Hall and Nathan Butler chegaram a um acordo sobre o processo de direitos autorais da música Shake It Off que corria há cinco anos.

PUBLICIDADE

A dupla alegava que ela havia copiado trechos da faixa Playas Gon’ Play, interpretada pelo grupo 3LW em 2001, para criar o hit lançado em 2014 no álbum 1989.

Segundo a revista Billboard, um documento foi enviado a uma corte da Califórnia, nos Estados Unidos, na última segunda, 12, no qual Hall e Butler pedem que o juiz “anule a ação em sua totalidade”.

No arquivo, não fica claro se houve algum tipo de negociação ou troca entre Taylor e os compositores, como um acordo financeiro ou mudança nos créditos da música.

Faixa acusada de plágio, 'Shake It Off' é um dos maiores hits de Taylor Swift e faz parte do disco '1989', que lhe rendeu o Grammy de 'Álbum do Ano' em 2016. Foto: REUTERS/L.E. Baskow - 17/05/2015

Antes do encerramento do processo, um julgamento estava marcado para janeiro de 2023. O caso teve início em 2017, quando Hall e Butler alegaram que Taylor havia copiado frases como “haters gonna hate” e “players gonna play”.

Um juiz havia arquivado o caso em 2018, afirmando que os trechos seriam muito “banais” para terem sido plagiados, mas ele foi reaberto em 2021 depois de uma apelação que foi acolhida.

Em seguida, os advogados da cantora pediram novamente que o processo fosse descartado, mas um juiz distrital negou o pedido, alegando que a ação deveria passar por um julgamento por existirem “similaridades suficientes”.

Publicidade

Já em agosto de 2022, Taylor enviou um documento ao tribunal no qual corria o processo, afirmando que a música Shake It Off foi “totalmente escrita” por ela e que a primeira vez que havia escutado Playas’ Gon’ Play foi “depois que a alegação foi feita”.

Compare as músicas:


*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.