PUBLICIDADE

‘Arranha-Céu’, filme que vai ao ar hoje na Globo, alçou Dwayne Johnson como ‘novo Schwarzenegger’

Relembre crítica publicada pelo ‘Estadão’ à época do lançamento, em 2018; filme vai ao ar na faixa ‘Campeões de Bilheteria’ deste domingo, 17

Foto do author Redação
Por Redação

Arranha-Céu: Coragem Sem Limite (Skyscraper, no original) será o filme exibido pela Globo na faixa Campeões de Bilheteria de hoje, domingo, 17, a partir das 15h40. Protagonizado por Dwayne Johnson, o The Rock, o longa fez sua estreia em 12 de julho de 2018, e atualmente está disponível para assistir nos streamings Netflix, Amazon Prime Vídeo, Star+ e Globoplay.

Vale a pena assistir Arranha-Céu: Coragem Sem Limite?

PUBLICIDADE

A história tem início quando o protagonista e sua família estão em um dos prédios mais altos e luxuosos do mundo. O edifício é alvo de criminosos, e acaba pegando fogo. A missão de The Rock é entrar novamente no local para salvar sua família.

Atualmente, no site Rotten Tomatoes, por exemplo, Arranha-Céu é avaliado com índice de 48% pela crítica e 68% pelo público. Já pelo IMDb, a média das avaliações tem nota 5.8 (de 10). Apesar das notas decepcionantes, o filme pode ser interessante para quem gosta de ver cenas de ação, ainda que sem uma história tão consistente, e esteja disposto a fazer vista grossa para alguns exageros cinematográficos.

Leia crítica de Arranha-Céu: Coragem Sem Limite

À época do lançamento, o Estadão publicou a crítica “Com ‘Arranha-Céu’, Dwayne Johnson é o novo Schwarzenegger” (clique aqui para ler a íntegra). O texto indicava como Dwayne Johnson, que foi jogador de futebol e lutador antes de virar ator, passou a ocupar o lugar que Arnold Schwarzenegger tinha deixado vago, seja pela política ou pela idade.

Mesmo com 116 filmes em seu currículo até então, The Rock chegou ao ‘topo’ somente em 2018, quando se tornou um dos astros mais rentáveis de Hollywood. Naquele contexto foi lançado Skyscraper, uma mistura de Duro de Matar (1988), que transformou Bruce Willis em superastro, com Inferno na Torre (1974), lançado no auge dos disaster movies.

'Arranha-céu - Coragem sem Limite', de Rawson Marshall Thurber, com Dwayne Johnson Foto: Universal Pictures
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.