PUBLICIDADE

Brasil flerta com vitória, vacila e perde para a Austrália no Pré-Olímpico Feminino de basquete

Em Belém, seleção brasileira teve chance de começar de forma positiva a luta por um lugar em Paris, mas australianas impõem favoritismo e ganham na estreia

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O Brasil estreou no Pré-Olímpico de basquete feminino com derrota para a Austrália por 60 a 55, nesta quinta-feira, na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, em Belém. Apesar de viver seu melhor momento dos últimos anos - conquistou três títulos recentemente (AmericupW, Jogos Pan-Americanos de Santiago e Sul-Americano) -, a equipe brasileira oscilou durante a partida e acabou sendo derrotada na primeira rodada.

Com a derrota, o Brasil fica no terceiro lugar do Grupo 1, ao lado da Sérvia, que perdeu para a Alemanha por 73 a 66. A cestinha da partida foi Ezi Magbegor, com 18 pontos. Damiris Dantas e Kamila Silva marcaram 11 cada.

Seleção feminina sofre revés na primeira rodada do Pré-Olímpico em Belém. Foto: Thiago Gomes/ AFP

PUBLICIDADE

Nesta quinta, o Brasil fez um primeiro tempo ruim e chegou a ficar dez pontos atrás do marcador. No entanto, recuperou-se no terceiro quarto, chegou a virar no quarto final, mas acabou vacilando e deixou a Austrália se recuperar na partida e sair com a vitória.

Liderada pela pivô Damiris Dantas, a equipe brasileira fez um bom primeiro quarto e deu a entender que o duelo seria equilibrado. Apesar de não ficar à frente do marcador nenhuma vez, o Brasil não deixou a Austrália se distanciar e chegou a empatar por 13 a 13, mas a seleção adversária foi levemente superior e levou uma vantagem de três pontos (19 a 16) para o segundo quarto.

Foi aí que tudo mudou. A Austrália fez duas cestas de três e anulou o ataque brasileiro, que ficou dez pontos atrás do marcador (33 a 23). O Brasil anotou neste período apenas sete pontos, contra 14 do seu adversário.

O intervalo acabou caindo em ótima hora para a seleção brasileira, que conseguiu se ajustar e voltar para quadra com outra postura. Foram quatro cestas de três e um aproveitamento excelente no ataque, que recolocou a equipe na partida. Acomodada com a vantagem, a Austrália, por sua vez, pareceu perdida na partida e foi para o quarto quarto com apenas dois pontos à frente no marcador.

Foi só o quarto tempo começar que o Brasil empatou e ficou à frente do placar pela primeira vez na partida. No entanto, voltou a sofrer um “apagão”, deixou a Austrália virar e acabou conhecendo sua primeira derrota.

Publicidade

O Brasil volta à quadra no sábado, às 20h (horário de Brasília), para enfrentar a Sérvia. No mesmo dia, às 17h, a Austrália pega a Alemanha.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.