PUBLICIDADE

Gui Santos, único brasileiro na NBA, é destaque em vitória dos Warriors; veja vídeo

Ala de 21 anos é o terceiro maior pontuador do time de São Francisco em triunfo sobre os Pacers por 131 a 109, fora de casa; e vive boa semana no basquete dos Estados Unidos

Por Estadão Conteúdo
Atualização:

Único brasileiro jogando na NBA, Gui Santos fez sua melhor apresentação na competição na noite desta quinta-feira. Mesmo sendo reserva, o ala de 21 anos foi o terceiro maior pontuador do Golden State Warriors na vitória sobre o Indiana Pacers por 131 a 109, fora de casa. O brasileiro disputa sua primeira temporada da NBA e teve uma semana de elogios.

Gui começou a partida no banco de reservas, mas voltou a ganhar uma chance do técnico Steve Kerr. No total, ele esteve em quadra por 20 minutos. E soube aproveitar bem a sua oportunidade: anotou 13 pontos e pegou oito rebotes. Até então, sua melhor participação havia sido registrada três dias atrás, quando marcou nove pontos e pegou cinco rebotes. Na ocasião, o brasileiro saiu de quadra sob elogios dos colegas de time, incluindo o astro Stephen Curry e o próprio técnico dos Warriors: “Gui Santos foi incrível. Se jogando na quadra para recuperar posses, pegando rebotes de ataque e gerando mais posses extras”, disse Kerr.

Gui Santos (15) teve ótima atuação contra o Indiana Pacers, deTyrese Haliburton Foto: Trevor Ruszkowski-USA TODAY Sports via Reuters

PUBLICIDADE

Nesta quinta, o brasileiro só ficou atrás do próprio Curry, autor de 42 pontos, e Jonathan Kuminga, responsável por 18. Curry ainda se destacou ao acertar 11 cestas de três pontos, recorde desta temporada.

O trio formado por Gui Santos, Curry e Kuminga vem fazendo o time da Califórnia reagir na temporada regular. Agora são três vitórias seguidas, com a equipe subindo na tabela. Os Warriors estão em 11º na Conferência Oeste, com 24 vitórias e 25 derrotas. Os Pacers ocupam o 6º lugar, com 29/24.

Se os Warriors parecem ter superado o pior momento da temporada, o Milwaukee Bucks está indo na direção oposta. O time sofreu a terceira derrota seguida ao ser batido pelo Minnesota Timberwolves por 129 a 105. Trata-se da quinta derrota em seis jogos sob comando do novo técnico, Doc Rivers, contratado de forma inesperada para substituir Adrian Griffin. AJ Green foi o cestinha dos Bucks e da partida, com 27 pontos, enquanto Giannis Antetokounmpo esteve em noite discreta, com 17 pontos e sete assistências. Pelos Timberwolves, Anthony Edwards foi o maior pontuador, com 26. E Rudy Gobert terminou com um “double-double” de 16 pontos e 11 rebotes.

Os Timberwolves reassumiram a liderança da Conferência Oeste, com 36 vitórias e 16 derrotas. Já os Bucks ocupam o terceiro lugar do Leste, com 33/19.

A disputa no Oeste está quente. Pela mesma rodada, o Denver Nuggets acirrou a disputa ao superar o Los Angeles Lakers por 114 a 106. Os Nuggets estão em segundo lugar, com o mesmo retrospecto dos Timberwolves, graças ao bom desempenho de Jamal Murray (29 pontos, 11 assistências e sete rebotes), Nikola Jokic (24 pontos, 13 rebotes e nove assistências) e Michael Porter Jr. (27 pontos e oito rebotes).

Publicidade

Os Lakers contaram mais uma vez com bom desempenho de Anthony Davis (32 pontos e nove rebotes) e LeBron James (25 pontos, 9 rebotes e sete assistências). Mas a dupla não conseguiu evitar a 26ª derrota da equipe californiana, que soma 27 triunfos e está em nono lugar no Oeste.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.