PUBLICIDADE

Jogador com passagem pelo Boca Juniors tem prisão decretada após ex-namorada ser encontrada morta

Oscar Junior Benítez é acusado de violência de gênero e já havia sido preso antes; família da ex-companheira acusa atleta de descumprir restrições de aproximação

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O atacante Oscar Junior Benítez, que acumula passagens por clubes como Boca Juniors e Benfica, teve sua prisão decretada na sexta-feira, 12, pela Justiça argentina. Acusado de violência de gênero contra a ex-namorada Anabelia Ayala, o jogador estava em prisão domiciliar. A mulher havia sido encontrada morta no dia 1° de janeiro na cidade de Malvinas Argentinas, província de Córdova, após tirar a própria vida.

PUBLICIDADE

Por causa da prisão domiciliar, Oscar tinha uma ordem de restrição que o impedia de se aproximar da ex-companheira. No entanto, o jogador, de acordo com a família de Anabelia, teria violado a determinação na véspera do ano novo. Imagens de câmeras de segurança divulgadas pela imprensa argentina mostraram o momento em que uma caminhonete, supostamente do atacante, estaciona em frente à residência da mulher. Na gravação, ela aparece deixando o veículo pela porta do carona.

Familiares da mulher afirmam que a mulher tirou a própria vida devido ao assédio que havia sofrendo de Oscar. Segundo relato de Belén Aldana García, prima de Anabelia, o jogador, que foi preso pela primeira vez em 2022 após fazer ameaças, teria ido até a casa da ex-namorada um dia antes de ela ser encontrada morta e a agredido. “Não aguentava mais, estava exausta tanto mental quanto fisicamente”, escreveu Belém, em seu perfil no Facebook.

Óscar Benítez defendeu o Boca Juniors entre 2017 e 2018 Foto: Reprodução/X @BocaJrsOficial

Ainda de acordo com a prima da mulher, apesar da restrição de contato físico, Oscar fazia videochamadas de maneira constante com Anabelia. Ela e o jogador tiveram um relacionamento amoroso entre os anos de 2018 e 2019, que terminou após denúncias sobre atos violência doméstica e maus-tratos praticados pelo atacante argentino.

Oscar Junior Benítez começou sua carreira no Lanús. Em seguida, além do Benfica e do Boca Juniors, passou por Braga (Portugal), Argentino Juniors, Atlético San Luis (México) e Delfín (Equador). Seu último clube foi o Palmafor, da Bolívia, de onde saiu em julho de 2023 sem marcar gols.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.