PUBLICIDADE

Publicidade

Atletas do Botafogo recebem ganchos pesados no STJD

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

O Botafogo perdeu dois jogadores importantes para a reta final do Campeonato Brasileiro. Julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelos incidentes na partida com o Grêmio, o atacante Jorge Henrique foi suspenso por 120 dias e o meia Carlos Alberto recebeu um gancho de oito jogos. No jogo com o Grêmio, Jorge Henrique foi expulso por Heber Roberto Lopes nos minutos finais do primeiro tempo, depois de dar um tapa no rosto do zagueiro Léo. O atacante foi julgado no artigo 253 (cometer agressão física) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), com pena de 120 a 540 dias. Recebeu, portanto, a pena mínima. Carlos Alberto foi flagrado, através de prova de vídeo, empurrando a cabeça do zagueiro Rever. Poucos minutos depois, o meia passou a mão na bunda do gremista. Por conta disso, foi denunciado no artigo 255 (praticar ato de hostilidade contra adversário ou companheiro de equipe) do CBJD, que prevê suspensão de uma a três jogos e no 258 (assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva, em relação a componente de sua representação, representação adversária ou de espectador) do CBJD, com pena de um a dez jogos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.