PUBLICIDADE

Atlético de Madrid despacha Sevilla e busca recuperação no Campeonato Espanhol

Llorente e Morata marcam para time de técnico Diego Simeone, que chega a 13 pontos está na quinta posição do torneio nacional; rivais seguem com 5 pontos e 16ª colocação

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Com um gol em cada tempo, o Atlético de Madrid derrotou o Sevilla por 2 a 0 neste sábado, pelo Campeonato Espanhol, e ensaia uma recuperação na competição a fim de se aproximar do pelotão de frente na classificação. A vitória chega num momento importante para a equipe que vem de derrota para o Real Madrid.

PUBLICIDADE

O resultado coloca o time do técnico Diego Simeone com 13 pontos na tabela. Já o Sevilha sofre com o mau início e contabiliza apenas cinco pontos. Llorente no primeiro tempo e Morata, na etapa final, fizeram os gols da partida.

O Atlético já vira a chave após a vitória deste sábado. Na terça, os colchoneros entram em ação pela Liga dos Campeões e enfrentam o Brugge, fora de casa, pela terceira rodada da fase de classificação do Grupo B. Pelo Campeonato Espanhol, o compromisso é diante do Girona, no próximo sábado. No mesmo dia, o Sevilha tenta a reabilitação iminente atuando em seu estádio contra o Athletic de Bilbao.

Llorente marca primeiro gol em vitória de 2 a 0 sobre o Sevilha no Campeonato Espanhol. Foto: Julio Muñoz / EFE

Mesmo jogando na casa do adversário, o Atlético de Madrid foi mais efetivo e buscou sempre o ataque em busca do primeiro gol. Com mais presença ofensiva, a primeira boa chance surgiu aos 19 minutos em chute de Morata.

Sem conseguir encaixar a marcação para neutralizar o adversário, o Sevilha acabou sendo vazado em bela ação do time visitante. Llorente recebeu passe da esquerda e entrou na área pelo lado direito. No domínio, se livrou do marcador e bateu cruzado para colocar o Atlético de Madrid em vantagem: 1 a 0 aos 29 minutos.

Na etapa final, o Sevilha voltou mais ofensivo e com uma marcação alta para forçar o erro da defesa rival. Mas em um contra-ataque rápido, o Atlético de Madrid voltou a balançar a rede.

Morata foi lançado em velocidade e contou com a ajuda do brasileiro Matheus Cunha, que dividiu o lance com a zaga rival. O próprio Morata ficou com a sobra, entrou na área, e encobriu o goleiro para fazer 2 a 0 aos 12 minutos.

Publicidade

A partida seguiu controlada pelo Atlético de Madrid que manteve a intensidade nos contragolpes e esteve sempre perto de fazer o terceiro gol no jogo. Aos 30 minutos, em um belo voleio, Griezmann perdeu boa chance de balançar a rede. A bola acabou indo para fora. No final, o time passou a tocar a bola para garantir o resultado e mais três pontos na classificação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.