Publicidade

Bola de Ouro: saiba como funciona a eleição do melhor jogador da temporada pela France Football

Premiação será entregue nesta segunda-feira, às 15h45; eleitor, narrador Cleber Machado conta quais critérios usa na votação

PUBLICIDADE

Foto do author Marcos Antomil
Por Marcos Antomil
Atualização:

Quem será escolhido como melhor jogador da temporada 2022-23 pela revista France Football? A resposta sai nesta segunda-feira, às 15h45. Lionel Messi, do Inter Miami, é o grande favorito para levar sua oitava Bola de Ouro, após ter conquistado o tricampeonato mundial com a seleção argentina. Mas há outros fortes concorrentes, como o norueguês Erling Haaland, artilheiro do Manchester City, campeão inglês e europeu na última temporada, e o francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain. O evento terá transmissão da ESPN, SporTV e TNT.

PUBLICIDADE

A revista francesa leva em consideração a temporada europeia para apontar uma lista de 30 finalistas (veja os indicados abaixo), a partir da qual jornalistas de 180 países vão ordenar de primeiro a quinto quais foram os melhores jogadores de futebol da temporada. Assim, os atletas recebem uma pontuação que será somada para definir o vencedor do prêmio Bola de Ouro.

Além da premiação masculina, também será entregue a Bola de Ouro para a melhor jogadora da temporada passada. Ainda são distribuídos os troféus Kopa, para o melhor jogador sub-21, Yashin, de melhor goleiro, Gerd Müller, para o artilheiro, Sócrates, para jogadores que se destacam por ações sociais, e Clube do Ano.

Karim Benzema foi o último vencedor da Bola de Ouro. Foto: Franck Fife/ AFP

O francês Karim Benzema, atualmente no saudita Al-Ittihad foi o vencedor do prêmio Bola de Ouro em 2022. A espanhola Alexia Putellas ganhou a versão feminina do troféu, enquanto Gavi, seu colega de Barcelona, foi eleito o melhor jovem. Sadio Mané levou o prêmio Sócrates, e Robert Lewandowski, o prêmio Gerd Müller. O belga Thibaut Courtois ergueu o troféu Yashin, e o Manchester City foi escolhido como clube do ano.

Cleber Machado é o representante brasileiro na votação da Bola de Ouro

O representante do Brasil no colégio eleitoral da France Football será novamente o narrador Cleber Machado, agora no SBT. Ao Estadão, o locutor contou quais critérios leva em consideração no momento da votação.

“A própria revista oferece a lista. A sugestão dela é o mesmo critério que eu uso: desempenho do jogador na temporada, não do mundo de todos os tempos. Às vezes, as pessoas confundem. Não é para dizer se o Messi é melhor do que o Modric. É dizer que naquele ano o Modric foi o melhor jogador do mundo. Então, uso como critério o desempenho individual, a técnica, importância para o time e o resultado da equipe e seleção na temporada. As competições, como Copa do Mundo e Champions League, têm bastante peso”, afirmou Cleber, que em breve voltará a narrar no SBT o torneio mais importante da Europa e que costuma ser o fiel da balança em votações como essa.

Em 2022, Cleber escolheu Benzema como melhor do mundo, concordando com a votação geral. Em segundo, na lista do narrador, ficou o egípcio Salah, em terceiro, o belga De Bruyne, e em quarto, o brasileiro Vinícius Júnior. Mbappé fechou a lista. O narrador também contou como surgiu o convite para participar da votação.

Publicidade

“A Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp) tinha um horário num campo de futebol atrás do shopping Center Norte, da Fupe, e a gente ia jogar bola lá de manhã. E entre quem jogava tinha um jornalista francês que trabalhava na Gazeta Esportiva e escrevia para a France Football. Ele me disse que estavam ampliando o colégio eleitoral do prêmio e perguntou se poderia me sugerir. Depois começaram a me enviar e-mail e desde então estou votando anualmente”, contou Cleber, que não pode revelar seus votos antes da divulgação oficial.

Quais as diferenças entre a Bola de Ouro e o Fifa The Best?

Até 1994, a France Football premiava apenas jogadores europeus com a Bola de Ouro. Depois, liberou atletas de ouras nacionalidades, desde que estivessem vinculados a um clube do Velho Continente. Em 2006, a votação se expandiu e passou a incluir todas as nacionalidades e clubes de todo o planeta. Já a Fifa instituiu a premiação global em 1991.

Quanto ao colégio eleitoral também há diferenças. No caso do prêmio da Fifa também votam os capitães e técnicos das seleções e o público, enquanto na premiação da France Football apenas jornalistas estão credenciados a opinar.

O prêmio da Fifa é comumente entregue nos primeiros meses do ano, enquanto a premiação da Bola de Ouro acontece em outubro. Os dois troféus chegaram a ser unificados entre 2010 e 2015, mas em 2016 os eventos voltaram a caminhar isoladamente.

Confira os finalistas do prêmio Bola de Ouro

Melhor jogador da temporada

CONTiNUA APÓS PUBLICIDADE

  • Gvardiol (Croácia, RB Leipzig e Manchester City)
  • Onana (Camarões, Inter de Milão e Manchester United)
  • Benzema (França, Real Madrid e Al-Ittihad)
  • Musiala (Alemanha e Bayern de Munique)
  • Salah (Egito e Liverpool)
  • Bukayo Saka (Inglaterra e Arsenal)
  • De Bruyne (Bélgica e Manchester City)
  • Bellingham (Inglaterra, Borussia Dortmund e Real Madrid)
  • Kolo Muani (França, Eintracht Frankfurt e PSG)
  • Bernardo Silva (Portugal e Manchester City)
  • Kvaratskhelia (Geórgia e Napoli)
  • Barella (Itália e Inter de Milão)
  • Emiliano Martínez (Argentina e Aston Villa)
  • Rúben Dias (Portugal e Manchester City)
  • Haaland (Noruega e Manchester City)
  • Gündogan (Alemanha, Manchester City e Barcelona)
  • Odegaard (Noruega e Arsenal)
  • Bono (Marrocos, Sevilla e Al-Nassr)
  • Julián Álvarez (Argentina e Manchester City)
  • Vinícius Júnior (Brasil e Real Madrid)
  • Rodri (Espanha e Manchester City)
  • Griezmann (França e Atlético de Madrid)
  • Messi (Argentina, PSG e Inter Miami)
  • Lautaro Martínez (Argentina e Inter de Milão)
  • Lewandowski (Polônia e Barcelona)
  • Kim Min-Jae (Coreia do Sul, Napoli e Bayern de Munique)
  • Modric (Croácia e Real Madrid)
  • Mbappé (França e PSG)
  • Osimhen (Nigéria e Napoli)
  • Kane (Inglaterra, Tottenham e Bayern de Munique)

Melhor jogadora da temporada

  • Kadidiatou Diani (França, PSG e Lyon)
  • Linda Caicedo (Colômbia e Real Madrid)
  • Alba Redondo (Espanha e Levante)
  • Rachel Daly (Inglaterra e Aston Villa)
  • Fridolina Rolfö (Suécia e Barcelona)
  • Olga Carmona (Espanha e Real Madrid)
  • Georgia Stanway (Inglaterra e Bayern de Munique)
  • Amanda Ilestedt (Suécia, PSG e Arsenal)
  • Hayley Raso (Austrália, Manchester City e Real Madrid)
  • Sophia Smith (Estados Unidos e Portland Thorns)
  • Salma Paralluelo (Espanha e Barcelona)
  • Millie Bright (Inglaterra e Chelsea)
  • Hinata Miyazawa (Japão, Mynavi Sendai e Manchester United)
  • Lena Oberdorf (Alemanha e Wolfsburg)
  • Daphne Van Domselaar (Holanda, Twente e Aston Villa)
  • Sam Kerr (Austrália e Chelsea)
  • Debinha (Brasil, North Carolina Courage e Kansas City)
  • Patricia Guijarro (Espanha e Barcelona)
  • Ewa Pajor (Polônia e Wolfsburg)
  • Guro Reiten (Noruega e Chelsea)
  • Aitana Bonmati (Espanha e Barcelona)
  • Alexandra Popp (Alemanha e Wolfsburg)
  • Yui Hasegawa (Japão e Manchester City)
  • Jill Roord (Holanda, Wolfsburg e Manchester City)
  • Katie McCabe (Irlanda e Arsenal)
  • Wendie Renard (França e Lyon)
  • Asisat Oshoala (Nigéria e Barcelona)
  • Mary Earps (Inglaterra e Manchester United)
  • Mapi León (Espanha e Barcelona)
  • Khadija Shaw (Jamaica e Manchester City)

Prêmio Yashin

  • Courtois (Bélgica e Real Madrid)
  • Ter Stegen (Alemanha e Barcelona)
  • Maignan (França e Milan)
  • Onana (Camarões, Inter de Milão e Manchester United)
  • Bono (Marrocos, Sevilla e Al-Nassr)
  • Ederson (Brasil e Manchester City)
  • Emiliano Martínez (Argentina e Aston Villa)
  • Ramsdale (Inglaterra e Arsenal)
  • Livakovic (Croácia, Dínamo Zagreb e Fenerbahçe)
  • Brice Samba (França e Lens)

Troféu Kopa

  • Alejandro Balde (Espanha e Barcelona)
  • Jude Bellingham (Inglaterra e Real Madrid)
  • Eduardo Camavinga (França e Real Madrid)
  • Gavi (Espanha e Barcelona)
  • Jamal Musiala (Alemanha e Bayern de Munique)
  • Pedri (Espanha e Barcelona)
  • Rasmus Hojlund (Dinamarca e Manchester United)
  • Xavi Simons (Holanda e RB Leipzig)
  • Elye Wahi (França e Lens)
  • António Silva (Portugal e Benfica)
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.