PUBLICIDADE

Canadá feminino faz acordo provisório por pagamento igualitário, mas premiação vai para os homens

Após meses de negociação, Federação Canadense garante mesmo salário para ambas as equipes, mas usará parte do dinheiro conquistado pelas atletas no Mundial de 2023 para pagar dívida com modalidade masculina

Foto do author Redação
Por Redação

Após meses de cobrança e negociações, a seleção canadense feminina finalmente conseguiu costurar um acordo com a Federação Canadense de Futebol em relação aos pagamentos do ano de 2023. O novo trato, que tem caráter provisório, garante que as atletas receberão a mesma quantidade de dinheiro acordada com a equipe masculina.

Há, no entanto, alguns pormenores. Parte do prêmio que a seleção feminina receberá por sua participação na Copa do Mundo será destinado a pagar os salários atrasados da equipe masculina. O time masculino ainda não recebeu os valores de sua participação no Mundial do Catar e está há cerca de oito meses tentando negociar com a Federação.

A canadense Christine Sinclair, um dos símbolos da seleção, durante partida contra Nigéria pela Copa do Mundo de 2023.  Foto: Victoria Adkins/AP Photo

PUBLICIDADE

Os jogadores, no entanto, criticaram a postura da Federação durante as negociações e chegaram a afirmar a organização do país está usando a seleção feminina para alcançar um acordo que a beneficie. As atletas comemoram a decisão de pagamento igualitário, mas se mostraram igualmente insatisfeitas com alguns termos.

Em nota divulgada em suas redes sociais, a seleção canadense feminina afirmou que continuará lutando por um acordo melhor. “Fomos forçadas a escolher entre receber uma parte das recompensas do sucesso de nossas equipes nas Copas ou o mesmo pagamento e tratamento que a seleção masculina. É uma escolha que não deveríamos ter que fazer.”

“Isto ainda não acabou. Nós e a seleção masculina continuamos comprometidos em encontrar uma solução de longo prazo que forneça tratamento justo e igualitário às nossas seleções, bem como investimento no futuro do futebol canadense, mas, por enquanto, nossa equipe só quer se concentrar no futebol.”

Com 4 pontos, o Canadá está em segundo lugar do Grupo B e disputa uma vaga nas oitavas de final do Mundial. O jogo decisivo do time será contra a anfitriã Austrália na próxima segunda-feira, dia 31, às 7h (horário de Brasília).