PUBLICIDADE

Publicidade

Cássio grava vídeo de despedida para torcida do Corinthians; assista

Ídolo alvinegro acertou rescisão de contrato com o clube paulista e está a caminho do Cruzeiro

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Cássio fez de tudo para segurar as lágrimas, mas não conseguiu manter a fala segura, como era debaixo das traves do Corinthians. Tropeçando em algumas palavras, o ídolo da torcida se despediu nesta sexta-feira após mais de 12 anos no clube. Emocionado, agradeceu pelos grandes momentos vividos com a camisa 12.

PUBLICIDADE

“Fala torcedor corintiano, estou aqui depois de 12 anos e cinco meses para me despedir de vocês, falar que meu ciclo neste momento está se encerrando”, iniciou seu discurso de adeus o goleiro. Seu contrato se encerrava em dezembro, mas ele entrou em acordo com a diretoria e deve rumar para o Cruzeiro.

Segundo maior jogador a defender o clube, com 712 partidas, diante de 806 do lateral-esquerdo Wladimir, Cássio sonhava se tornar o recordista. Mas a queda de rendimento do clube nos últimos anos e as cobranças excessivas o fizeram mudar de ideia e não renovar o contrato.

Cássio em seu último treino no Corinthians, dia 16 de maio de 2024 Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Cássio sai evitando rota de colisão e apenas enfatizando o discurso de gratidão. “Vim aqui agradecer a vocês (torcedores) por tudo o que eu vivi aqui, pelos momentos com essa camisa, nesta instituição que eu respeito muito. Agradecer por tudo, por todos os momentos. Vocês estiveram junto comigo, me apoiaram, me ajudaram, criticaram, que faz parte do trabalho também, mas saio com sentimento só de agradecer por tudo o que fizeram por mim”, disse, já embargando a voz.

“(Estou) Muito feliz por tudo o que vivi aqui. Momentos maravilhosos. Gostaria de agradecer todos os presidentes, todos os treinadores, todos os jogadores que eu vivi aqui e especialmente todos os funcionários”, seguiu, fazendo questão de não esquecer ninguém.

“Foi muito gratificante ter trabalhado com tantas pessoas maravilhosas, anos maravilhosos com pessoas que fizeram de tudo para me ajudar e sou muito grato por esse momento e tudo o que vivi”, repetiu. “Nem em meus melhores sonhos eu imaginei que ia viver o que vivi aqui. Meu muito obrigado, muito obrigado mesmo por tudo o que vivi aqui, sou eternamente grato por todo carinho e respeito. Um grande abraço.”

Muitos torcedores prestaram uma última homenagem ao jogador no vídeo do adeus. Cássio sai com nove títulos, sendo herói na inédita conquista da Libertadores de 2012 e do Mundial de Clubes do mesmo ano, no qual foi eleito o melhor jogador na decisão contra o Chelsea, no Japão, vencida por 1 a 0, gol de Paolo Guerrero.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.