PUBLICIDADE

Publicidade

Dedé comemora 'camisa negra' e pede apoio da torcida

PUBLICIDADE

Por AE

Se, na Europa, alguns jogadores brasileiros sofrem com o preconceito racial, no Vasco a postura da torcida é oposta. Neste domingo, quando estreou seu uniforme negro, que faz parte da campanha contra o racismo no futebol, o clube cruzmaltino viu seus torcedores entoarem "camisas negras", e se orgulharem da postura da equipe.Autor do primeiro gol do Vasco na vitória por 4 a 0 sobre o Bangu, Dedé mostrou orgulho da torcida e do feito. "Fico feliz pelo momento que estou tendo e pelo dia maravilhoso que tive, onde marquei um gol na estreia da camisa contra o racismo. Quando o Felipe tocou a bola para mim, já vi que dava para fazer o gol, tive tranquilidade e consegui. Marquei na estreia do novo uniforme e no meu jogo sessenta. Foi um momento simbólico na minha vida. Nunca vou esquecer desta partida", disse o zagueiro.Dedé pediu que o torcedor vascaíno compareça em peso no jogo de quarta-feira, contra o ABC, em confronto decisivo da Copa do Brasil. "A torcida apoiou muito contra o Bangu e nossa confiança aumentou na partida. Esperamos que nosso estádio esteja lotado mais uma vez, porque a presença da torcida será fundamental para nossa classificação."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.