PUBLICIDADE

Publicidade

Eliminatórias da Euro: Bélgica x Suécia é suspenso após ataque terrorista; Holanda e Portugal vencem

Atentado em Bruxelas aconteceu a seis quilômetros de distância do estádio em que acontecia a partida entre belgas e suecos

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A rodada das Eliminatórias da Eurocopa 2024 desta segunda-feira foi de alegria para algumas torcidas e tensão e medo para outros. Enquanto bósnios e portugueses celebraram mais uma grande apresentação de Cristiano Ronaldo, em Bruxelas o clima entre belgas e suecos foi de pavor após dois torcedores serem mortos por um grupo terrorista a seis quilômetros do estádio. Os times não voltaram para a etapa final e o público ficou no local por recomendação da polícia local.

PUBLICIDADE

O jogo no Koning Boudewijnstadiun, em Bruxelas, era apenas um “amistoso” com a Bélgica já classificada no Grupo F, diante da Suécia, fora após a vitória da Áustria diante do Azerbaijão, que garantiu a segunda vaga da chave.

Mesmo assim, os belgas queriam dar alegria a seu torcedor. Depois de os visitantes abrirem o marcador, o artilheiro das Eliminatórias, Lukaku, empatou de pênalti, chegando a 10 gols. Na pausa do intervalo, veio a informação do assassinato de dois torcedores belgas por um integrante do grupo terrorista Isis e os capitães concordaram em não retornar ao gramado.

Atentado em Bruxelas suspendeu o jogo entre Bélgica e Suécia pelas Eliminatórias da Euro. Foto: Geert Vanden Wijngaert / AP

O atirador estava a seis quilômetros do local do jogo e estaria a caminho do estádio. A polícia reforçou a segurança no entorno do palco do jogo e segurou todos os presentes, por tempo indeterminado, no local, até que o terrorista fosse capturado.

Cristiano Ronaldo brilha e Holanda supera a Grécia

Cristiano Ronaldo precisou de somente cinco minutos para derrubar a barreira defensiva da Bósnia e Herzegovina na goleada por 5 a 0. Abriu o placar de pênalti e foi ovacionado por todos os presentes no estádio Bilino Polje, em Zenica, na Bósnia Herzegovina.

Mesmo classificado, Portugal continuou “treinando” seu setor ofensivo. E a todo momento um atacante aparecia de frente para o goleiro. Aos 19, o astro português anotou o segundo, mas o auxiliar marcou impedimento e foi bastante ovacionado. O VAR confirmou o gol para festa das duas torcidas. Os bósnios vibraram com o camisa 7 rival, que chegou ao nono gol, na vice-artilharia das Eliminatórias.

Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes comandam goleada lusitana. Foto: Jose Sena Goulao/ EFE

Cristiano Ronaldo foi poupado e deixou o jogo aos 20 da etapa final. Naquele momento, Portugal já tinha construído a vitória e apenas administrava. Bruno Fernandes recebeu lançamento longo, dominou e bateu forte aos 24, enquanto João Cancelo bateu de fora da área, no ângulo, para fazer 4 a 0. Antes do intervalo, João Félix definiu.

Publicidade

Também no Grupo F, a Eslováquia encaminhou a segunda vaga com 1 a 0 no confronto direto diante de Luxemburgo - abriu cinco pontos restando duas rodadas. Cumprindo tabela, a Islândia fez 4 a 0 em Liechtenstein. Na Chave B, a Holanda superou a Grécia em Atenas, gol de pênalti de Weghorst, e agora soma os mesmos 12 pontos da rival, na segunda colocação. A França, classificada, soma 18.

Jogos das Eliminatórias da Euro de 16/10

Grupo B

  • Gibraltar 0 x 4 Irlanda
  • Grécia 0 x 1 Holanda

Grupo F

  • Azerbaijão 0 x 1 Áustria
  • Bélgica 1 x 1 Suécia - Suspenso após o 1º tempo

Grupo J

  • Bósnia e Herzegovina 0 x 5 Portugal
  • Islândia 4 x 0 Liechtenstein
  • Luxemburgo 0 x 1 Eslováquia