PUBLICIDADE

Publicidade

Escala de arbitragem da CBF ajuda a explicar rodada polêmica do Brasileirão

Primeiras rodadas do campeonato nacional priorizam árbitros mais inexperientes; três dos principais juízes do País estão fazendo curso preparatório nos EUA para a Copa do Mundo

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro, realizada neste fim de semana, ficou marcada por uma série de polêmicas na arbitragem. Decisões controversas em várias partidas levaram as atuações dos árbitros a serem criticadas pelos clubes em notas oficiais e postagens nas redes sociais.

A motivação disso, porém, pode ser explicada por medida tomada pela própria Confederação Brasileira de Futebol. Responsável pela escala da arbitragem no torneio nacional, o órgão já divulgou, além das equipes responsáveis por apitar os jogos de estreia que aconteceram nesta semana, os árbitros que atuarão na segunda rodada do Brasileirão. Na lista, estão de fora nomes mais experientes e conhecidos do público.

Yuri Elino Ferreira da Cruz, escalado para apitar Corinthians x Atlético-MG, foi um dos árbitros criticados na rodada de estreia do Brasileirão. Foto: Pedro Souza / Atlético

O resultado é a convocação de equipes mais inexperientes e menos acostumadas com a Série A para arbitrar os jogos da elite do futebol brasileiro. Dos 10 jogos disputados, apenas três contaram com árbitros do quadro da Fifa. Bráulio da Silva Machado (Fifa-SC), Flávio Rodrigues de Sousa (Fifa-SP) e Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa-PE) comandaram as partidas mandadas por Vitória, Vasco e Internacional, respectivamente.

PUBLICIDADE

Alguns profissionais mais reconhecidos, como é o caso de Anderson Daronco (Fifa-RS), aparecerão pela primeira vez somente na próxima rodada, que começa nesta terça-feira e vai até quinta. Daronco apitará o jogo entre Flamengo e São Paulo, no Maracanã.

Outros nomes, como o de Wilton Pereira Sampaio, Raphael Claus e Edina Alves Batista, estão impossibilitados de apitar as primeiras partidas do campeonato. Nos Estados Unidos, os três árbitros participam de um curso preparatório para a Copa do Mundo de 2026 organizado pela Fifa. O seminário começou no último dia 13 e dura até a próxima sexta-feira.

Confira os árbitros da segunda rodada do Brasileirão

  • Grêmio x Athletico-PR - Marcelo de Lima Henrique (CE)
  • Atlético-MG x Criciúma - Paulo Belence Alves dos Prazeres Filho (PE)
  • Bahia x Fluminense - João Vitor Gobi (SP)
  • Flamengo x São Paulo - Anderson Daronco (Fifa-RS)
  • Botafogo x Atlético-GO - Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
  • Palmeiras x Internacional - Lucas Paulo Torezin (PR)
  • Red Bull Bragantino x Vasco da Gama - Paulo César Zanovelli da Silva (Fifa-MG)
  • Fortaleza x Cruzeiro - Bruno Mota Correia (RJ)
  • Juventude x Corinthians - Bruno Arleu de Araújo (Fifa-RJ)
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.