Publicidade

Conmebol confirma Sporting Cristal x Flamengo às 22h após anunciar suspensão

Início da noite é marcado por idas e vindas de informações sobre a realização do jogo em Lima, no Peru, diante do toque de recolher imposto pelo governo local; saiba onde assistir

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Marcada para esta terça-feira, a estreia do Flamengo na Copa Libertadores está mantida, mas ocorrerá às 22h e não mais às 21h30 como agendado inicialmente. A partida contra o peruano Sporting Cristal correu o risco de ser remarcada por conta de decisões recentes do governo do Peru. Na noite de segunda, o presidente Pedro Castillo decretou estado de emergência na capital Lima e também na cidade de El Callao. 

Diante da insistência de entidades ligadas ao governo peruano em adiar o duelo, a Conmebol se viu obrigada a acatar a decisão. No entanto, minutos depois a posição foi revista após o toque de recolher ser cancelado. Assim, o duelo inaugural da equipe rubro-negra na Libertadores foi adiada em apenas 30 minutos.

Flamengo terminou a preparação para o duelo com o Sporting Cristal nesta segunda-feira Foto: Marcelo Côrtes/CRF

ONDE ASSISTIR

PUBLICIDADE

O jogo entre Sporting Cristal e Flamengo terá transmissão da ESPN e do SBT (para todo o Brasil, exceto o Estado de São Paulo e as cidades paranaenses de Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa). O Estadão acompanha em tempo real.

ENTENDA O CASO

A primeiro decisão incluía um toque de recolher, válido até o fim desta terça. Com a medida, o governo esperava conter os seguidos protestos no país contra a elevação dos preços dos combustíveis e dos alimentos. As manifestações já duram quase duas semanas e se tornaram mais violentos nos últimos dias, com quatro mortes registradas, de acordo com o governo. Houve ainda confronto com policiais e alguns manifestantes queimaram pontos de pedágio pela capital.

Após o decreto presidencial, o ministro da Justiça, Félix Chero, deu entrevista indicando que a partida entre Sporting Cristal e Flamengo, no estádio Nacional de Lima, precisaria ser disputada em outra data. 

Publicidade

"Terá de ser remarcada. Não esqueçamos que, em momentos de medidas excepcionais, há ações extraordinárias que devem ser adotadas. Um jogo de futebol não pode prevalecer sobre a tranquilidade do país", disse Chero, em entrevista à rádio local Exitosa Noticias.

O toque de recolher no Peru lembra, em parte, as restrições impostas por governos nos últimos dois anos em razão da pandemia de covid-19. Pela decisão do presidente peruano, podem ir à rua somente profissionais ligados a áreas e atividades essenciais, como saúde, fornecimento de água e eletricidade, limpeza e transporte de mercadorias.

Esta terça-feira marca o início da fase de grupos da Libertadores. Também tem jogos agendados para o dia os brasileiros Corinthians e Athletico-PR.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.