PUBLICIDADE

Publicidade

Leila sai em defesa de Breno Lopes e cita gol em final de Libertadores: ‘Gratidão eterna’

Presidente do Palmeiras compartilha nas redes sociais foto do jogador marcando na decisão com o Santos, em 2020; atacante entrou em rota de colisão com a torcida após comemoração polêmica na vitória sobre o Goiás

Foto do author Redação
Por Redação

Leila Pereira, presidente do Palmeiras, saiu em defesa de Breno Lopes após o jogador entrar em rota de colisão com a torcida por causa de uma comemoração polêmica na vitória sobre o Goiás, nesta sexta-feira, no Allianz Parque, em partida da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em sua conta oficial no Instagram, a mandatária alviverde citou “gratidão eterna” ao atacante pelo gol que garantiu ao clube o título da Copa Libertadores de 2020, compartilhando uma imagem do lance.

“Palmeiras Campeão da Libertadores 2020!! Esta imagem estará para sempre em nossa memória e em nossos corações!! Gratidão Eterna e Apoio Incondicional!! Avanti Palestra!!”, publicou Leila.

PUBLICIDADE

Breno Lopes fez o gol da vitória sobre o Goiás aos 51 minutos do segundo tempo. Alvo de críticas de palmeirenses, o atacante comemorou correndo em direção à torcida com a mão no ouvido e fazendo gestos obscenos, despertando a ira de quem estava nas arquibancadas. Ao apito final, os torcedores pediram “respeito” ao atleta, que foi acolhido pelos outros jogadores.

O técnico Abel Ferreira também saiu em defesa de Breno Lopes. Na entrevista coletiva após a partida, o treinador português afirmou que ele mesmo já ficou com os ânimos exaltados durante partidas e que o mais importante é que sua equipe conte com o aval da torcida. “Já fui expulso algumas vezes por não controlar minhas emoções, se bem que acho que agora estou melhor nesse aspecto. Elas fazem parte do futebol”, disse o comandante do Palmeiras.

Breno Lopes ainda não se manifestou oficialmente sobre os gestos após seu gol. Na madrugada deste sábado, o jogador repostou nos stories de sua conta no Instagram um vídeo de seu pai comemorando o gol e o exaltando: “Você é abençoado meu filho, eu te amo. Reclama aí torcida, reclama aí”. O clube também não informou se tomará alguma atitude com o atleta.

Com a vitória, o Palmeiras se aproximou do líder, Botafogo, na tabela do Campeonato Brasileiro. A diferença entre os dois caiu de dez pontos para sete. O alviverde torce agora por um tropeço do alvinegro carioca no jogo deste sábado contra o Atlético-MG, que será disputado na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.