PUBLICIDADE

Publicidade

Manchester derrota Chelsea nos pênaltis e fatura Liga

Van der Sar pega pênalti e dá a vitória ao time vermelho por 6 a 5, após empate no tempo normal por 1 a 1

PUBLICIDADE

Por Agência Estado
Atualização:

O Manchester United venceu o Chelsea por 6 a 5 nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, no Estádio Luzhiniki, e conquistou seu terceiro título da Liga dos Campeões. A equipe já havia sido campeã em 1968 e em 1999. Van der Sar foi o grande herói, ao defender o último pênalti. Veja também: Bobby Charlton celebra título da Liga dos Campeões Histórico de títulos da Liga dos Campeões da Europa A conquista também é importante para o futebol inglês. Agora, a Inglaterra tem 11 títulos e igualou a Espanha e a Itália. Esta foi a terceira vez que duas equipes de um mesmo país decidiram a Liga dos Campeões. O Manchester foi muito superior ao Chelsea no primeiro tempo. O time dirigido por Alex Ferguson atacou mais e criou várias chances de gol, enquanto o time londrino atuou mais recuado e finalizou muito pouco, mas contou com a sorte para chegar ao empate. Aos 26 minutos, Brown tabelou com Scholes e cruzou para Cristiano Ronaldo que subiu muito e, de cabeça, abriu o placar. Este foi seu oitavo gol na competição e confirmou a artilharia da Liga dos Campeões. Oito minutos depois, o português cruzou para Tevez, que deu um peixinho e Cech fez grande defesa. No rebote, Carrick chutou no meio do gol, para nova defesa do goleiro.Aos 44, Essien chutou de longe, a bola desviou na zaga e sobrou para Lampard, sozinho, empatar o jogo. O Chelsea conseguiu equilibrar a partida no segundo tempo e, inclusive, criou mais chances claras de gol. A melhor oportunidade aconteceu aos 33 minutos. Didier Drogba bateu colocado de fora da área e acertou a trave esquerda de Van der Sar. O Chelsea começou melhor a prorrogação e quase marcou aos três minutos. Ballack passou para Lampard, que girou e chutou, acertando o travessão. O Manchester respondeu aos dez minutos. Evra cruzou para Giggs, que finalizou de primeira. Terry desviou de cabeça, evitando o gol. O segundo tempo foi fraco. Drogba foi expulso após se envolver em confusão e dar um tapa em Vidic. Na disputa por pênaltis, Tevez, Ballack, Carrick e Belletti marcaram os primeiros pênaltis. Mas Cristiano Ronaldo perdeu o terceiro pênalti do Manchester. Ele chutou no meio do gol e Cech defendeu com o rosto. Depois, Lampard colocou o Chelsea em vantagem. Hargreaves, Ashley Cole e Nani converteram suas cobranças. A última cobrança foi de Terry. Ele escorregou e chutou para fora, perdendo a chance de dar o título para o Chelsea. Nas cobranças alternadas, Anderson, Kalou e Giggs marcaram. Van der Sar defendeu o pênalti cobrado por Anelka, dando o tricampeonato para o Manchester.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.