PUBLICIDADE

Publicidade

Muricy Ramalho deve acabar com rodízio no São Paulo

Expulso no último jogo, zagueiro Miranda é o único desfalque certo da equipe que enfrenta o Bragantino quarta

Por
Atualização:

SÃO PAULO - O rodízio de jogadores na equipe titular, estabelecido pelo técnico Muricy Ramalho para cuidar da parte física neste começo de temporada, não foi utilizado como desculpa pela primeira derrota no ano - para o Santo André, domingo, no Morumbi -, mas já está com os dias contados no São Paulo. Veja também: São Paulo volta a trabalhar depois de primeira derrota Sevilla libera Luís Fabino para tratamento no São Paulo  São Paulo lança DVD da conquista do título do Brasileirão   Paulistão 2009 - Tabela e classificação Confira as novidades do mercado do futebol  Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Com quatro confrontos por disputar até a estreia na Libertadores, em 18 de fevereiro, contra o vencedor do duelo entre Independiente Medellín e Peñarol - os colombianos fizeram 4 a 0 no jogo de ida - a tendência é de que o número de trocas para enfrentar o Bragantino, nesta quarta-feira, seja menor em relação ao último jogo. O zagueiro André Dias e os volantes Jean e Hernanes foram os únicos que disputaram os quatro jogos completos da temporada até aqui. Agora, no entanto, os dois podem até receber um descanso. E o meia Hugo, que foi titular nessas mesmas partidas, mas deixou o campo na última após passar mal em consequência do calor, também pode ficar fora contra o Bragantino. Por enquanto, o único desfalque já confirmado do São Paulo para enfrentar o Bragantino é o zagueiro Miranda, que foi expulso na derrota para o Santo André. Assim, Renato Silva entra na vaga. Outras possíveis mudanças serão definidas por Muricy apenas nesta terça-feira.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.