Publicidade

Muros do Brinco de Ouro são pichados após mais um tropeço do Guarani na Série B

Após empate com o Oeste, estádio recebe protestos pela má fase do time no Campeonato Brasileiro da Série B

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O momento de crise no Guarani só aumenta. Após o empate por 1 a 1 contra o Oeste, na segunda-feira, pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, os muros do estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), foram pichados por torcedores.

Os protestos da torcida eram direcionados especialmente a Anaílson Neves, um dos sete membros do Conselho de Administração do clube. O dirigente já tinha sido citado na saída do técnico Thiago Carpini, quando foi chamado pelo treinador de "cobra".

Torcida pichou os muros do estádio do Guarani Foto: Reprodução/Twitter

PUBLICIDADE

Nos muros do Brinco de Ouro da Princesa, entre as mensagens que se liam ainda na manhã desta terça-feira estavam: "Fora Anaílson verme" e "Cobra safado".

O Guarani soma apenas quatro pontos em sete jogos na Série B com uma vitória, um empate e cinco derrotas. A equipe ainda não está na zona do rebaixamento, mas outros nove jogos da rodada ainda serão disputados entre esta terça e quarta-feira e os times da parte de baixo da tabela de classificação podem ultrapassar os campineiros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.