PUBLICIDADE

Publicidade

Organizada do Corinthians marca protesto contra diretoria e elenco

Gaviões da Fiel vai realizar manifestação nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, às vésperas do clássico com o Santos

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Principal organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel vai protestar contra elenco e diretoria nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, antes do clássico desta quarta com o Santos. A torcida cobra a contratação de um técnico, após a demissão de Tiago Nunes no dia 11 de setembro. Desde então, o treinador do sub-20 Dyego Coelho assumiu o comando da equipe de forma interina.

A organizada também cobra a contratação de reforços e fala em "falta de garra do elenco". "É perceptível que não estão se entregando e honrando a camisa dentro de campo", diz o comunicado divulgado na noite de segunda. 

Corinthians está perto da zona de rebaixamento do Brasileirão Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

PUBLICIDADE

O Corinthians está em 14º lugar no Campeonato Brasileiro, com 14 pontos, apenas dois a mais do que o Coritiba, o primeiro time da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, a equipe alvinegra tem clássico com o Santos na Neo Química Arena, em Itaquera.

A diretoria avalia o trabalho de Coelho para saber se vai contratar um novo treinador ainda neste ano. Isso porque o presidente Andrés Sanchez tem mandato apenas até dezembro e pretende deixar para o próximo presidente escolher o treinador para 2021.

VEJA O COMUNICADO DA GAVIÕES

"Devido ao atual momento do Corinthians, convocamos a Fiel Torcida para um protesto no CT Joaquim Grava, nesta terça-feira (6), às 15 horas. Para facilitar, vamos disponibilizar ônibus saindo da nossa sede às 14h. 

Nossas principais reivindicações são:

Publicidade

1) A ausência de um técnico, pois após a saída do Thiago Nunes a diretoria não fez a reposição do treinador

2) A omissão da diretoria diante dos últimos resultados e a recorrência do descaso com o Corinthians. Além do técnico, também precisamos de reforços, é inaceitável a folha salarial que temos hoje, em comparação ao retorno em campo

3) A falta de garra do elenco, sabemos das limitações de alguns, mas é perceptível que não estão se entregando e honrando a camisa dentro de campo

Por isso, contamos com toda a torcida corinthiana que está insatisfeita com os fatos citados. Os últimos acontecimentos não condizem com um clube da grandeza do Corinthians."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.