PUBLICIDADE

Publicidade

Palmeiras x Santos: tudo o que você precisa saber sobre a final do Paulistão

Time alviverde busca terceiro título estadual consecutivo e o seu 26º, no geral; equipe alvinegra quer encerrar jejum de oito anos sem troféus

PUBLICIDADE

Foto do author Ricardo Magatti

Palmeiras e Santos decidem neste domingo, a partir das 18h, no Allianz Parque, quem será o campeão paulista de 2024. Rivais históricos, os times se enfrentam no jogo da ida no último domingo. Sob os olhares de Neymar na Vila Belmiro, o time alvinegro ganhou por 1 a 0, com gol do meia-atacante venezuelano Otero. O clássico que definirá o vencedor do Estadual mais importante do País terá transmissão de Record (TV aberta), Max (streaming), Paulistão Play (streaming) e CazéTV (YouTube).

O que cada time precisa fazer para ser campeão?

Para ser campeão no domingo, o Palmeiras precisa ganhar por ao menos dois gols de diferença. Se o fizer, vai levantar a taça do Estadual pela terceira vez seguida, feito que não acontece desde 1934. Caso vença por um, o título será definido nos pênaltis - não há prorrogação. Como venceu o primeiro duelo, em sua casa, o Santos tem a vantagem de poder jogar pelo empate.

Onde será a finalíssima do Paulistão?

Como fez a melhor campanha do Paulistão, o Palmeiras faz a finalíssima em sua casa, o Allianz Parque, que estreou na quinta-feira da semana passada o novo gramado sintético. A arena vai receber o show da banda Só Pra Contrariar na noite de sábado, com previsão de término às 22h. Mesmo assim, o estádio terá capacidade máxima graças a uma operação especial, com desmontagem rápida do palco. São esperados mais de 40 mil palmeirenses.

Palmeiras e Santos decidem o Paulistão neste domingo Foto: Fabio Menotti/Palmeiras

Quem apita?

PUBLICIDADE

Paulistão de Santa Bárbara D’Oeste, Raphael Claus será o árbitro da finalíssima. Será a sua oitava decisão de Paulistão, sendo a sétima de forma consecutiva. Claus integra o quadro da Fifa desde 2015 e foi, ao lado de Wilton Pereira Sampaio, os representantes da arbitragem brasileira na Copa do Mundo do Catar.

Na noite de quinta-feira, o Santos soltou um comunicado em que põe pressão na arbitragem, pedindo que Claus “se prepare bem e possa conduzir junto com seus auxiliares um jogo tão importante, sem prejuízo ao espetáculo” para que “os atletas sejam os verdadeiros protagonistas”.

Premiação

A Federação Paulista de Futebol (FPF) paga R$ 5 milhões ao vencedor do torneio e R$ 1,65 milhão ao vice-campeão. O prêmio não é alto em comparação com o que ganham os campeões de outros torneios, como a Copa do Brasil. Caso erga a taça, o clube alviverde ganhará R$ 4 milhões adicionais, pagos pela Crefisa, patrocinadora máster da agremiação e cuja dona é a presidente Leila Pereira. A empresa oferece bônus a cada conquista, e o valor é definido de acordo com as premiações determinadas pelos campeonatos.

A cota de TV paga do Paulistão foi mais alta que nos outros anos. Palmeiras e Santos, além de Corinthians e São Paulo, receberam R$ 40 milhões por dinheiro de televisão e divisão com marketing.

Publicidade

Ingressos

O Allianz Parque só vai receber palmeirenses, uma vez que, desde 2016, os clássicos entre os quatro grandes clubes do Estado são disputados com torcida única. A última parcial, divulgada na noite de quinta-feira, apontou a venda mais de 30 mil ingressos vendidos, todos para sócios-torcedores. A venda para o público em geral foi aberta na manhã desta sexta.

O ingresso mais barato custa R$ 240 e o mais caro, R$ 500. Os preços revoltaram a torcida do Palmeiras, que cobra, na final, os valores mais altos da história do Allianz Parque. Os bilhetes podem ser comprados em https://ingressospalmeiras.com.br.

Campeão do Paulistão vai ganhar R$ 5 milhões de premiação e vice, R$ 1,65 milhão Foto: João Loureiro/Ag. Paulistão

Históricos em finais do Paulistão

Levantamento feito pelo Estadão aponta que quem perdeu o primeiro jogo de final de Paulistão conseguiu o título apenas em sete oportunidades. O histórico considera campeonatos desde 1974, quando as finais com dois jogos (ida e volta) passaram a ser mais regulares. Até então, o campeão era definido por pontos corridos, às vezes com jogos de desempate, ou em finais únicas. Nem todos os torneios a partir do ano selecionado, contudo, contaram com final em ida e volta. Os formatos de liga ou de apenas um jogo decisivo se repetiu em outras edições, mas com menor frequência.

Quantos títulos estaduais têm Palmeiras e Santos?

Segundo time que mais vezes ganhou o Paulistão, o Palmeiras tem 25 títulos e busca o tri consecutivo. O Santos, que não vence a competição desde 2016, ostenta 22 troféus e é o quarto clube com mais conquistas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.