PUBLICIDADE

Quando Dorival Júnior estreia na seleção brasileira? Confira primeiros desafios do técnico

Novo treinador terá pela frente amistosos contra poderosos, além de jogos da Copa América e Eliminatórias para o Mundial de 2026

Foto do author Marcos Antomil
Por Marcos Antomil
Atualização:

Dorival Júnior assume de imediato o comando técnico da seleção brasileira. Ele deixa o São Paulo e terá importantes desafios no comando da equipe nacional. Em 2024, estão previstos ao menos 12 jogos, incluindo partidas amistosas, jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2026 e a Copa América, que será disputada nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

Em março, Dorival terá em sua estreia dois adversários do mais alto nível do futebol mundial. No dia 23, a seleção brasileira mede forças com a Inglaterra, no mítico Wembley, em Londres. Ainda não é confirmada a data, mas provavelmente no dia 26, será a vez de enfrentar a Espanha, no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri.

A Inglaterra é a atual vice-campeã europeia e chegou às quartas de final da última Copa do Mundo. Apesar de não exibir um futebol brilhante, o burocrático estilo inglês levou a seleção com tranquilidade à Eurocopa de 2024, que terá a Alemanha como sede. A equipe comandada por Gareth Southgate obteve seis vitórias e dois empates em campanha invicta nas Eliminatórias para o certame continental.

Dorival Júnior conquistou duas Copas do Brasil e uma Libertadores nas últimas duas temporadas. Foto: Felipe Rau/ Estadão

Já a Espanha passa por uma mudança que busca tornar seu usual tiki-taka mais eficiente e objetivo, a fim de deixar o país no topo do mundo novamente. Após o fracasso no Mundial do Catar, ao cair para o Marrocos nas oitavas de final, a seleção espanhola trocou de treinador. Saiu Luis Enrique, agora no PSG, e entrou Luis de la Fuente, que treinava as equipes de base e tem amplo conhecimento sobre os jovens talentos. Com novo comando, a Espanha terminou as Eliminatórias da Eurocopa na ponta do sua Chave com sete vitórias e uma derrota em oito partidas.

O amistoso com a Espanha foi acertado entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) no contexto dos ataques racistas proferidos nos estádios do país ao atacante Vinícius Júnior, do Real Madrid, com o objetivo de “promover a união contra a violência no futebol”.

Passados esses dois compromissos, a seleção brasileira só voltará a se encontrar em junho. Já está programado um amistoso com o México, no dia 8 de junho, nos EUA, a partir do qual a seleção se concentrará na disputa da Copa América. Ainda há espaço para mais um amistoso na ocasião. Os donos da casa podem ser os escolhidos.

Copa América

No mesmo mês de junho, Dorival terá pela frente seu primeiro torneio oficial. Na Copa América, o adversário de estreia não está definido e sairá do duelo entre Honduras e Costa Rica, que acontece em 23 de março. A seleção brasileira está no Grupo D, que é composto também por Colômbia e Paraguai.

Publicidade

A primeira partida terá como palco o SoFi Stadium, em Inglewood, na Califórnia, dia 24. O segundo jogo da Copa América será diante dos paraguaios, em Las Vegas, no Allegiant Stadium, no dia 28. No dia 2 de julho, a seleção brasileira encerra sua participação na fase de grupos medindo forças com a Colômbia, no Levi’s Stadium, em Santa Clara, na Califórnia. Caso avance, o Brasil pode fazer mais três jogos: quartas, semi e final.

Na Copa América, Dorival deve viver um de seus principais dilemas. Não haverá pausa no Campeonato Brasileiro no período e, portanto, atletas convocados podem desfalcar suas equipes por até nove rodadas do torneio. Portanto, o treinador terá de escolher entre prejudicar seu trabalho ou de seus colegas.

Eliminatórias

No fim de 2024, o Brasil atuará em três meses seguidos. Chance para escalar a tabela das Eliminatórias Sul-Americanas. Em setembro, pega Equador (casa, dia 5) e Paraguai (fora, dia 10). Chile (fora, dia 10) e Peru (casa, dia 15) são os adversários de outubro. E, para encerrar o ano, em novembro, a seleção vai enfrentar Venezuela (fora, dia 14) e Uruguai (casa, dia 19).

O Brasil figura apenas na sexta colocação das Eliminatórias. Para o Mundial de 2026 se classificam os seis primeiros colocados, enquanto o sétimo irá para uma repescagem intercontinental. A seleção brasileira soma em seis partidas até aqui somente sete pontos e fica atrás de Argentina, Uruguai, Colômbia, Equador e Venezuela.

Confira o calendário de jogos da seleção brasileira em 2024

CONTiNUA APÓS PUBLICIDADE

  • 23/03 - Inglaterra x Brasil (Amistoso) - Wembley, em Londres, na Inglaterra
  • 26/03 - Espanha x Brasil (Amistoso) - Estádio Santiago Bernabéu, em Madri, na Espanha
  • 08/06 - México x Brasil (Amistoso) - Nos EUA*
  • 11/06 - Amistoso sem adversário definido
  • 20/06 a 14/07 - Copa América - Nos EUA
  • 24/06 - Brasil x Honduras/ Costa Rica (Copa América - 1ª fase) - SoFi Stadium, em Inglewood, na Califórnia
  • 28/06 - Paraguai x Brasil (Copa América - 1ª fase) - Allegiant Stadium, em Las Vegas, Nevada
  • 02/07 - Brasil x Colômbia (Copa América - 1ª fase) - Levi’s Stadium, em Santa Clara, na Califórnia
  • 05/09 - Brasil x Equador (Eliminatórias)*
  • 10/09 - Paraguai x Brasil (Eliminatórias)*
  • 10/10 - Chile x Brasil (Eliminatórias)*
  • 15/10 - Brasil x Peru (Eliminatórias)*
  • 14/11 - Venezuela x Brasil (Eliminatórias)*
  • 19/11 - Brasil x Uruguai (Eliminatórias)*

*Sem local definido