Publicidade

Sampaio Corrêa e Luverdense saem na frente na Série C

Time do Maranhão faz 5 a 3 em casa e o do Mato Grosso vence fora

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

SÃO PAULO - Com o apoio de cerca de 40 mil torcedores, que lotaram o Estádio Castelão, em São Luís (MA), o Sampaio Corrêa venceu o Macaé por 5 a 3, neste sábado, e deu um grande passo para garantir o acesso no Campeonato Brasileiro da Série C. No outro jogo do dia, o Luverdense também se deu bem ao bater o Caxias por 2 a 1, mesmo atuando em Caxias do Sul (RS).Em São Luís, o Sampaio Corrêa chegou a abrir 5 a 1 no placar, mas depois levou dois gols que podem ser decisivos no jogo de volta, no próximo sábado, em Macaé (RJ). Mesmo assim, o time maranhense tem a vantagem de poder perder por 1 a 0 para avançar. Leandro Kivel abriu o placar para os donos da casa, mas Márcio Goiano empatou logo depois. Ainda no primeiro tempo, Lucas Silva deixou o Sampaio Corrêa na frente. No início da segunda etapa, o time maranhense marcou três gols seguidos com Tote, Lucas Silva e Eloir. Aí, o Macaé reagiu já no final, descontando com Marcelo, aos 38, e William, aos 43 minutos.No outro jogo deste sábado, o clima ficou quente antes mesmo da bola rolar no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. A delegação do Luverdense foi recebida com hostilidade pela torcida gaúcha, com o ônibus recebendo pedradas na chegada ao estádio, chegando a quebrar os vidros. Dentro de campo, porém, o Luverdense levou a melhor. Abriu o placar com Gilson, aos 11, mas sofreu o empate dois minutos depois, no gol marcado pelo zagueiro Tiago Pagnussat. Aí, já aos 45 do segundo tempo, o time visitante chegou à vitória com mais um gol de Gilson. No jogo de volta, dia 27 de outubro, em Lucas do Rio Verde (MT), o Luverdense por perder até por 1 a 0 para ficar com a vaga na semifinal e o consequente acesso.OUTROS CONFRONTOS - Neste domingo, o Treze enfrenta o Vila Nova a partir das 19 horas, em Campina Grande (PB). E na segunda-feira, o Mogi Mirim recebe o Santa Cruz no interior paulista - o Betim (MG), eliminado após punição aplicada pela CBF, espera cancelar este jogo baseado numa liminar obtida na Justiça comum.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.